GP2: Pastor Maldonado vence na Turquia

O venezuelano Pastor Maldonado (Rapax) venceu neste sábado (29/05), em Istambul, na Turquia, a prova de abertura da terceira rodada dupla da temporada. O italiano Davide Valsecchi (iSport) e o inglês Sam Bird (ART) completaram o pódio.

Segundo no grid, Maldonado ultrapassou o pole-position Valsecchi na largada, vencendo de ponta a ponta, com quase vinte segundos de vantagem sobre o atual Campeão da GP2 Asiática.

Logo na primeira volta os franceses Charles Pic (Arden) e Jules Bianchi (ART) colidiram com ambos abandonando.

Valsecchi perdeu o segundo lugar para o mexicano Sergio Pérez (Barwa Addax), depois dos pit stops obrigatórios. O italiano partiu para recuperar a posição, conseguindo superar Pérez na 26ª volta. Pérez passou a ser pressionado por Bird, que depois de uma longa batalha nas voltas finais, conseguiu a ultrapassagem e a última vaga no pódio. O mexicano quase perdeu também a 4ª posição, recebendo a bandeirada com apenas 0s176 de vantagem sobre o parceiro de equipe, o holandês Giedo van der Garde. Na inspeção pós-prova Pérez acabou sendo desclassificado, devido o seu carro estar abaixo do peso mínimo.

Van der Garde passou para a quarta posição, com o brasileiro Luiz Razia (Rapax) em 5º e o belga Michael Herck (DPR) em 6º. A dupla da Racing Engineering, o alemão Christian Vietoris  e o espanhol Dani Clos completaram a zona de ponta. Com o grid reverso dos oito primeiros para a segunda prova, Clos larga na pole.

Terceiro colocado no grid, o inglês Oliver Turvey (iSport) levou dois drive-through, terminando na 15ª posição.

O brasileiro Alberto Valério (Coloni) abandonou após rodar faltando duas voltas para o final, pouco depois do parceiro de equipe, o búlgaro Vladimir Arabadjiev acertar o muro de pneus.

Final:

1 – Pastor Maldonado – Rapax – 32 voltas em 52’33″219
2 – Davide Valsecchi – iSport – 19″531
3 – Sam Bird – ART – 23″327
4 – Giedo Van der Garde – Addax – 26″129
5 – Luiz Razia – Rapax – 26″746
6 – Michael Herck – DPR – 30″444
7 – Christian Vietoris – Racing Engineering – 36″719
8 – Dani Clos – Racing Engineering – 41″469
9 – Max Chilton – Ocean – 48″582
10 – Jerome D’Ambrosio – Dams – 49″848
11 – Ho Pin Tung – Dams – 50″315
12 – Johnny Cecotto – Trident – 55″996
13 – Fabio Leimer – Ocean – 1’06″801
14 – Oliver Turvey – iSport – 1’08″392
15 – Josef Kral – Super Nova – 1’22″464
16 – Rodolfo Gonzalez – Arden – 1’23″789

Volta mais rápida: Pastor Maldonado 1’37″013

Abandonos:

Jules Bianchi – ART – 1 volta
Charles Pic – Arden – 1 volta
Marcus Ericsson – Super Nova – 11 voltas
Giacomo Ricci – DPR – 25 voltas
Adrian Zaugg – Trident – 27 voltas
Vladimir Arabadzhiev – Coloni – 27 voltas
Alberto Valerio – Coloni – 29 voltas

Desclassificado:
Sergio Perez – Barwa Addax – (4°) 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *