GP2 Series: Alex Lynn vence prova curta em Barcelona

O britânico Alex Lynn (DAMS) venceu neste domingo (09/05), em barcelona, na Espanha, a prova curta da segunda etapa da temporada. Foi a primeira vitória de Lynn na categoria. O belga Stoffel Vandoorne (ART Grand Prix) e o francês Pierre Gasly (DAMS) completaram o pódio.

A primeira largada teve que ser abortada, devido ao neozelandês Mitch Evans (Russian Time) ter parado na pista na volta de apresentação, e o francês Athur Pic (Campos Racing) ter parado fora da posição, atrapalhando o japonês Nobuharu Matsushita (ART Grand Prix).

Na largada, o pole-position, o francês Norman Nato (Arden International) manteve a ponta, com Lynn, da quarta posição, passando para segundo.

Um acidente entre o austríaco Rene Binder (Trident) o brasileiro André Negrão (Arden International) provocou um breve momento em Safety-car.

Na relargada, o terceiro colocado, o italiano Raffaele Marciello (Trident) rodou. Na sexta volta, Lynn superou Nato, e assumiu a liderança. Nas voltas seguintes, Nato foi sendo superado pelos rivais.

Vandoorne tentou, sem sucesso, partir para cima de Lynn, que recebeu a bandeirada com dois segundos de vantagem. Gasly fechou o pódio.

O norte-americano Alexander Rossi (Racing Engineering) terminou em quarto, seguido pelo russo Artem Markelov (Russian Time) e o indonésio Rio Haryanto (Campos Racing). Nato e Pic (que foi púnico com cinco segundos) fecharam a zona de pontos.

Vanddorne lidera o campeonato com 86 pontos, seguido por Haryanto com 49.

A próxima etapa acontece em Mônaco, nos dias 22 e 23 de maio.

Final:

1. Alex Lynn DAMS 25 voltas em 41m30s395
2. Stoffel Vandoorne ART Grand Prix + 2.204s
3. Pierre Gasly DAMS + 8.320s
4. Alexander Rossi Racing Engineering + 9.614s
5. Artem Markelov Russian Time + 11.964s
6. Rio Haryanto Campos Racing + 13.686s
7. Norman Nato Arden International + 23.506s
8. Arthur Pic Campos Racing + 25.090s
9. Daniël De Jong MP Motorsport + 32.003s
10. Sergey Sirotkin Rapax + 33.552s
11. Jordan King Racing Engineering + 33.591s
12. Nathanaël Berthon Lazarus + 34.276s
13. Zoël Amberg Lazarus + 34.560s
14. Nick Yelloly Hilmer Motorsport + 38.041s
15. Sergio Canamasas MP Motorsport + 42.181s
16. Julián Leal Carlin + 42.742s
17. Raffaele Marciello Trident + 43.110s
18. Nobuharu Matsushita ART Grand Prix + 46.006s
19. Richie Stanaway Status Grand Prix + 53.190s
20. Marlon Stöckinger Status Grand Prix + 53.573s
21. André Negrão Arden International + 55.887s
22. Marco Sørensen Carlin + 59.535s
23. Robert Visoiu Rapax + 61.886s

Retirements
Johnny Cecotto Jr. Hilmer Motorsport 12 voltas
Rene Binder Trident 1
Mitch Evans Russian Time 1

Volta mais rápida:

Stoffel Vandoorne ART Grand Prix 1:34.628 (110.040mph) na volta 8

Campeonato:

Pilotos:

1. Stoffel Vandoorne 86pts
2. Rio Haryanto 49pts
3. Alexander Rossi 46pts
4. Mitchell Evans 28pts
5. Alex Lynn 25pts
6. Nathanael Berthon 16pts
7. Pierre Gasly 16pts
8. Jordan King 12pts
9. Robert Visoiu 12pts
10. Julian Leal 10pts
11. Raffaele Marciello 8pts
12. Nobuharu Matsushita 7pts
13. Artem Markelov 6pts
14. Norman Nato 6pts
15. Arthur Pic 3pts
16. Andre Negrao 3pts
17. Richie Stanaway 1pts
18. Daniel de Jong 0pts
19. Sergey Sirotkin 0pts
20. Marlon Stockinger 0pts
21. Sergio Canamasas 0pts
22. Zoel Amberg 0pts
23. Nick Yelloly 0pts
24. Rene Binder 0pts
25. Marco Sorensen 0pts
26. Johnny Cecotto Jr. 0pts

Equipes:

1. ART Grand Prix 93pts
2. Racing Engineering 58pts
3. Campos Racing 52pts
4. DAMS 41pts
5. Russian Time 34pts
6. Lazarus 16pts
7. Rapax 12pts
8. Carlin 10pts
9. Arden International 9pts
10. Trident 8pts
11. Status Grand Prix 1pts
12. MP Motorsport 0pts
13. Hilmer Motorsport 0pts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *