GP2 Series: Bruno Senna chega em 2º no GP da Espanha

Português vence prova de abertura da temporada em Barcelona.

Bruno Senna começou bem sua arrancada rumo ao título da Fórmula GP2. Neste sábado, o piloto da iSport terminou em segundo na prova que abriu a quarta temporada da categoria e a rodada dupla do Grande Prêmio da Espanha, em Barcelona A vitória foi do estreante português Álvaro Parente (SuperNova), que partiu na primeira fila e tomou a ponta do pole Pastor Maldonado (Piquet Sports) na largada. O venezuelano deixou o motor “apagar”, atrasou-se e chegou apenas em 12º. “Foi um ótimo resultado e só posso estar contente”, comemorou Bruno Senna, depois de receber o troféu no pódio da Catalunha.


De fato, foi um excelente início de campeonato para Bruno Senna, que venceu essa mesma corrida em 2007 e fechou em 8º na classificação geral do ano. As vagas no pódio, no entanto, foram determinadas em poucos minutos. Bruno, quarto no grid, também tirou proveito do problema com Maldonado, ganhou uma posição e saiu à frente do austríaco Andreas Zuber (Piquet Sports) quando os carros anteciparam o pit stop obrigatório para troca de dois pneus por causa de uma entrada do safety car logo na terceira volta. A partir de então, escoltou o atual campeão da World Series by Renault até à bandeirada, sem conseguir, no entanto, a chance da ultrapassagem.


“Procurei empurrar o Parente o máximo possível, até para tentar fazê-lo acabar com os pneus, mas não foi possível passá-lo. Eu encostava muito a partir do meio do traçado e grudava de vez na chicane de entrada da reta, mas a partir daí ficava difícil porque o carro que estamos usando agora perde ainda mais pressão aerodinâmica no vácuo que o do ano passado”, explicou. “De qualquer forma, estou satisfeito porque fiz o que era possível. E somar oito pontos de cara foi importante.”


Pelo sistema adotado pela Fórmula GP2, os oito primeiros de hoje largarão em posições invertidas na corrida de amanhã, que será mais curta – 26 voltas – e sem pit stop. Bruno sairá em 7º, ao lado de Parente. A pole caiu nas mãos do japonês Kamui Kobayashi (DAMS). Mesmo reconhecendo as dificuldades que encontrará, Bruno está confiante. “Meu ritmo esteve sempre muito bom desde os treinos da sexta-feira. Tem gente boa partindo na minha frente, mas vou correr pela vitória. Se não der, aí sim vou pensar em marcar o maior número de pontos”, avisou. A prova de complemento do GP da Espanha começará às 5h30 (Brasília), com transmissão ao vivo pelo SporTv.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *