World Series: Mário Romancini enfrenta problemas e é obrigado a abandonar 1ª disputa em Monza

Piloto da Epsilon Euskadi espera que imprevistos não atrapalhem seu desempenho na corrida de amanhã.

“Foi inacreditável”. Essa foi a afirmação feita por Mário Romancini após o término da corrida deste sábado (26), no circuito de Monza, na Itália. Após largar em 21º, o piloto da Epsilon Euskadi fazia uma bela prova de recuperação quando o motor de seu carro estourou e ele teve que abandonar.

A disputa foi vencida pelo holandês Giedo Van der Garde que concluiu as 24 voltas em 39min33s853. O pódio foi completado pelo italiano Pasquale Di Sabatino, segundo, e pelo francês Julien Jousse, terceiro.

“Larguei em 21º e ainda na primeira volta já era 16º. Em seguida, passei mais um e subi para 15º. Mas, pouco antes da metade da corrida, o motor do carro estourou e eu tive que abandonar; quase não consegui acreditar. Foi uma pena, pois o meu carro estava com um ótimo rendimento e poderia ter terminado entre os dez primeiros. Infelizmente, essas coisas acontecem”, lamentou o atual vice-campeão da Fórmula 3 Sul-americana.

Mário declarou estar confiante para a segunda disputa do final de semana. “Pude perceber que o ritmo da corrida é bem diferente do classificatório. Há vários acidentes, mas eu usei a cabeça e me mantive longe deles. É essa estratégia que pretendo adotar amanhã e, se tudo der certo, conquistarei um bom resultado”.

Neste domingo (27), com exceção dos oito primeiros colocados no treino classificatório, os competidores iniciam a prova de acordo com as posições que encerraram a corrida de hoje. O Speed Channel transmite a 1ª etapa da World Series by Renault amanhã (27), a partir das 23h00.

Veja o resultado da corrida deste sábado em Monza:
1 – Giedo Van der Garde – 24 voltas em 39’33″853
2 – Pasquale Di Sabatino – Comtec – 5″645
3 – Julien Jousse – Tech 1 – 9″123
4 – Pablo Sanchez – Interwetten – 10″440
5 – Mikhail Aleshin – Carlin – 13″533
6 – Borja Garcia – RC – 16″969
7 – James Walker – Fortec – 18″168
8 – Guillaume Moreau – KTR – 23″360
9 – Charles Pic – Tech 1 – 23″614
10 – Pippa Mann – P1 – 27″477
11 – Aleix Alcaraz – RC – 32″588
12 – Marco Barba – Draco – 33″989
13 – Daniil Move – KTR – 55″596
14 – Alexandre Marsoin – Epsilon – 56″262
15 – Julian Theobald – Fortec – 1’01″942
16 – Claudio Cantelli – Ultimate/Signature – 1’21″924
17 – Maximo Cortes – Pons – a 1 volta
18 – Fabio Carbone – Ultimate/Signature – a 2 voltas

Volta mais rápida: Marcos Martinez 1’37″993

Abandonaram:
Salvador Duran – não largou
Alvaro Barba – 1ª volta
Marco Bonanomi – 1ª volta
Bertrand Baguette – 5ª volta
Robert Wickens – 7ª volta
Mario Romancini – 10ª volta
Miguel Molina – 20ª volta
Marcos Martinez – 20ª volta

Pontuação do campeonato (cinco primeiros):
1 – Giedo Van der Garde – 18 pontos
2 – Pasquale Di Sabatino – 13
3 – Julien Jousse – 10
4 – Pablo Sanchez – 8
5 – Mikhail Aleshin – 6

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *