GP2 Series: Bruno Senna fecha testes com 2º tempo em Barcelona

Brasileiro lidera treinos matinais e termina dia a quatro centésimos de Giorgio Pantano.

Com uma diferença de apenas quatro centésimos para o italiano Giorgio Pantano, dono do novo recorde para o circuito, Bruno Senna fechou o segundo e último dia de testes da Fórmula GP2 nesta semana em Barcelona com a 2ª colocação. Mais rápido na sessão matinal, Bruno perdeu a chance de liderar os ensaios com o novo carro da categoria ao ser atrapalhado em sua volta boa no período da tarde pelo companheiro de equipe Karun Chandhok.


De acordo com os dados da telemetria da equipe iSport International, Bruno baixaria a marca de Pantano – com passagem pela Fórmula 1 e um dos veteranos da GP2 – em cerca de dois décimos de segundo. “Minha melhor volta acabou sendo mesmo a da manhã, apesar de não ter sido nenhuma perfeição. Simplesmente aproveitei uma rara oportunidade de andar com a pista livre”, disse Bruno, que se mostrou satisfeito com a produtividade dos testes. “Conseguimos experimentar uma série de mudanças e já sabemos o que funciona ou não”, justificou.


A iSport conseguiu resolver quase integralmente os problemas enfrentados na véspera. Bruno havia ficado em 8º no agregado na terça-feira, mas completou apenas seis voltas na parte da tarde por causa de um defeito na embreagem. “Isso já foi consertado, mas a caixa de direção ainda não. Trocamos por uma outra na hora do almoço e já fomos informados pelos organizadores que usaremos a versão do ano passado nos treinos da semana que vem em Paul Ricard.”


Bruno afirmou que não ficou chateado pela pequena diferença favorável a Pantano. “O mais importante foi continuar trabalhando no acerto do carro. Essa era a nossa prioridade aqui em Barcelona. A iSport é uma ótima equipe, mas não leva mais aquela vantagem do ano passado com o modelo anterior do carro da GP2. Em compensação, tem uma agilidade enorme para solucionar os problemas”, elogiou.


Os 10 melhores tempos em Barcelona:


1 – Giorgio Pantano (Itália) – Racing Engineering – 1min26s351
2 – Bruno Senna (Brasil) – iSport – 1min26s396
3 – Vitaly Petrov (Rússia) Campos GP – 1min26s402
4 – Romain Grosjean (França) – ART GP – 1min26s455
5 – Luca Filippi (Itália) – ART GP – 1min26s472
6 – Adrian Valles (Espanha) – Fisichella Motor Sport – 1min26s575
7 – Kamui Kobayashi (Japão) – DAMS – 1min26s580
8 – Davide Valsecchi (Itália) – Durango – 1min27s609
9 – Javier Villa (Espanha) – Racing Engineering – 1min26s760
10 – Sébastien Buemi (Suíça) – Arden International – 1min26s765

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *