GP2 Series: Bruno Senna larga em 4º na abertura

Venezuelano é o pole da primeira prova da rodada dupla em Barcelona.

Mesmo registrando seu melhor tempo com pneus usados, Bruno Senna conquistou um excelente 4º lugar no grid da prova que abrirá neste sábado a quarta temporada da história da Fórmula GP2. Hoje, no circuito espanhol de Barcelona, o brasileiro não pôde aproveitar os pneus novos porque enfrentou tráfego pesado com o primeiro jogo e, com o segundo, rodou pouco depois de sair dos boxes devido a um defeito no seletor de marchas do carro da iSport International. O venezuelano Pastor Maldonado (Piquet Sports) largará na pole.

O GP da Espanha começou bem para Bruno Senna, em seu segundo ano na principal divisão de acesso à Fórmula 1. Em 2007, partindo em 6º, Bruno alcançou sua única vitória até agora na categoria. “Não consegui dar uma volta limpa na primeira tentativa. Havia muita gente na pista naquele momento. Como se não bastasse, o Sébastien Buemi acertou o muro e provocou a paralisação do treino. Mas voltei com o mesmo jogo e fiz uma volta muito boa”, comentou.

Na parte final dos 30 minutos de qualifying, Bruno entrou nos boxes para colocar o segundo set de pneus novos. No entanto, não pôde aproveitá-lo. “A quarta marcha estava travando. Por isso, entrei numa curva com a marcha errada e terminei rodando”, explicou. Apesar do contratempo, Bruno mantém a expectativa otimista para a corrida, que começará às 11 horas (Brasília) e será cumprida na distância de 39 voltas. “Estamos competitivos, com toda certeza. Nos ensaios livres da manhã, andei sempre com bastante combustível e gostei do ritmo. Além disso, tenho um jogo de pneus novos. Com uma boa estratégia, acho que vai dar para brigar pelo pódio.”

A expectativa de que o modelo 2008 da Fórmula GP2 fosse um segundo e meio mais rápido que o carro utilizado nos três primeiros anos ainda não se confirmou. A pole de Maldonado – a segunda na categoria do representante da Venezuela – veio com um tempo menos de dois décimos melhor que a marca estabelecida pelo alemão Timo Glock em 2007. Os outros brasileiros largarão do meio para trás do grid. Alberto Valério, que bateu forte nos treinos matinais, partirá em 17º pela Durango, enquanto Diego Nunes abrirá a última fila na companhia de Giacomo Ricci, parceiro de equipe na DPR.

Os tempos em Barcelona:
1. Pastor Maldonado (Venezuela), Piquet Sports, 1min27s547
2. Alvaro Parente (Portugal), Super Nova, 1min27s705
3. Andrea Zuber (Áustria), Piquet Sports, 1min28s155
4. Bruno Senna (Brasil), iSport, 1min28s273
5. Giorgio Pantano (Itália), Racing Engineering, 1min28s290
6. Adrian Valles (Espanha), FMS, 1min28s323
7. Karun Chandhok (Índia), iSport, 1min28s385
8. Vitaly Petrov (Rússia), Campos Team, 1min28s423
9. Javier Villa (Espanha), Racing Engineering, 1min28s562
10. Mike Conway (Inglaterra), Trident, 1min28s622
11. Romain Grosjean (França), ART Grand Prix, 1min28s684
12. Davide Valsecchi (Itália), Durango, 1min28s713
13. Kamui Kobayashi (Japão), DAMS, 1min28s799
14. Luca Filippi (Itália), ART Grand Prix, 1min28s868
15. Ben Hanley (Inglaterra), Campos Team, 1min28s889
16. Ho-Pin Tung (China), Trident , 1min28s937
17. Alberto Valerio (Brasil), Durango, 1min29s338
18. Yelmer Buurman (Holanda), Arden, 1min29s339
19. Christian Bakkerud (Dinamarca), Super Nova, 1min29s394
20. Sebastien Buemi (Suíça), Arden, 1min29s478
21. Milos Pavlovic (Sérvia), BCN, 1min29s618
22. Jerome D’Ambrosio (França), DAMS, 1min29s628
23. Paolo Nocera (Itália), BCN 1min29s708
24. Roldan Rodriguez (Espanha), FMS, 1min29s762
25. Diego Nunes (Brasil), DPR, 1min30s343
26. Giacomo Ricci (Itália), DPR, 1min30s443

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *