GP2 Series: Bruno Senna minimiza “estréia” em Hockenheim pela GP2

Categoria volta a correr na pista depois de dois anos.

Bruno Senna está despreocupado pelo fato de nunca ter corrido de Fórmula GP2 no circuito de Hockenheim, que neste final de semana recebe a rodada dupla do Grande Prêmio da Alemanha. Para o vice-líder da temporada, a experiência na Porsche Carrera Cup em 2006 já foi mais do que suficiente para lhe dar a mão da pista. “Andei no seco e no molhado. Para mim, não pega nada correr pela primeira vez de GP2 em Hockenheim”, garante Bruno. “Os 30 minutos dos treinos livres de 6ª-feira bastarão para minha readaptação ao traçado”, acrescenta.


No ano passado, as duas etapas alemãs da divisão de base da Fórmula 1 foram disputadas em Nurburgring, no GP da Europa. Na temporada anterior, no entanto, quando a categoria vivia em plena era do domínio da ART Grand Prix, a iSport – atual equipe de Bruno – foi muito bem em Hockenheim. O alemão Timo Glock e o venezuelano Ernesto Viso ficaram em 2º e 3º no qualifying da corrida de abertura. Terminaram em 3º e 4º na corrida e Glock venceria no complemento da programação no dia seguinte. “Não é o mesmo carro, já que estamos com um modelo novo desde o começo do campeonato, mas claro que algumas referências continuam valendo”, lembrou Bruno.


O Grande Prêmio da Alemanha marca o início da segunda metade do calendário. Até agora, os líderes Giorgio Pantano e Bruno Senna são os destaques do campeonato e os únicos a vencerem mais de uma vez. O italiano ganhou na Turquia, França e Inglaterra, enquanto Senna levou a melhor em Mônaco e na segunda corrida na Inglaterra. Os demais grandes prêmios foram divididos entre o português Álvaro Parente, o japonês Kamui Kobayashi (Espanha), o francês Romain Grosjean (Turquia), o inglês Mike Conway (Mônaco) e o suíço Sébastien Buemi (França).


Bruno chegou à Alemanha no meio da tarde desta quarta-feira, procedente de Londres. Amanhã, como parte da rotina que antecede aos primeiros ensaios livres, deve fazer o reconhecimento da pista antes da reunião com os técnicos da equipe. A programação da 11ª e 12ª etapas será aberta no dia seguinte, com os ensaios livres e a tomada classificatória para a prova de sábado, que começará às 11 horas (Brasília), duração de 40 voltas e parada obrigatória para troca de dois pneus. Domingo, a “sprint race” (corrida curta) terá 27 voltas e largada prevista para as 5h30.


Depois de 10 etapas, a classificação do campeonato é esta:


1, Giorgio Pantano, 50 pontos; 2, Bruno Senna, 39; 3, Sébastien Buemi, 25; 4, Lucas di Grassi e Romain Grosjean, 23; 6, Vitaly Petrov, 20; 7, Álvaro Parente, Andreas Zuber e Karun Chandhok, 19; 10, Pastor Maldonado, 18.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *