MotoGP: Mesmo lesionado, Pedrosa viaja para disputar GP dos EUA

As previsões mais pessimistas envolvendo as condições físicas de Dani Pedrosa não se concretizaram, e o espanhol viajará à Califórnia com o objetivo de disputar o Grande Prêmio dos Estados Unidos. Gravemente lesionado depois da realização da corrida da Alemanha, o piloto da Repsol Honda fará “todo o possível” para correr, ainda que um parecer final sobre sua participação só deva ser dado na próxima sexta-feira.

A prova disputada no último domingo deixou um saldo bastante negativo para Pedrosa. Além de ter perdido a liderança do Mundial da MotoGP, o acidente que conheceu sobre a pista molhada de Sachsenring lhe deixou com fraturas no punho esquerdo e no dedo indicador da mão esquerda, além de lhe ter rendido uma torção no tornozelo direito.


Apesar disso, o espanhol viajará aos Estados Unidos nesta quarta tentando fazer um sacrifico e disputar a 11ª etapa da temporada, já que ele sabe que todos os pontos conquistados podem ser decisivos na definição do campeão da categoria. “Em acordo com o meu médico, decidimos que viajarei e farei o máximo para pilotos neste fim-de-semana”, afirmou o piloto, após passar por dois dias em tratamento em Barcelona.


“Sabemos que não será fácil e que não conheceremos minha situação exata até eu subir na moto na manhã da sexta-feira”, continuou ele, em referência ao primeiro dia de treinos livres para a prova norte-americana. “Obviamente é um momento difícil para mim, mas minha vontade é grande e, se for possível eu pilotar de forma apropriada, realmente quero fazê-lo”.


Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *