GP2 Series: Bruno Senna não completa corrida em Valência

Acidente deixa vice-líder um pouco mais distante de Giorgio Pantano.

Foi além dos danos materiais no carro da iSport o prejuízo sofrido por Bruno Senna com o acidente durante o complemento da rodada dupla do Grande Prêmio da Europa, neste domingo no circuito de rua de Valência. Ao abandonar uma prova na qual ocupava a quarta colocação, Bruno perdeu a chance de reduzir a diferença que o separava do líder do campeonato. Sem a presença do principal rival, o italiano Giorgio Pantano – que naquele momento ocupava a sexta posição – terminou em 4º e ampliou em mais três pontos a vantagem sobre Bruno na disputa que travam pelo título de campeão. A vitória – a segunda em 2008 – foi de Lucas di Grassi.


Bruno acertou o muro que circunda a pista e, horas depois da corrida, ainda buscava uma resposta para o episódio. “Ainda não sei direito o que ocorreu. Passei por cima de muita sujeira quando contornei o carro do Andy Soucek, que estava à minha frente e começou a parar. Pode ter sido também um furo de pneu, mas também não descarto a possibilidade de um erro. Só sei que estou bastante chateado com tudo”, comentou Bruno, que permanece ocupando o segundo lugar na classificação com os mesmos 58 pontos com que chegou à cidade espanhola. Pantano, com os três de hoje, subiu para 70.


O início parecia animador para Bruno Senna. Nono no grid – foi um dos vários pilotos vitimados pela pane seca na véspera, juntamente com Pantano -, o brasileiro fechou a primeira volta em sexto e rapidamente passou para quinto. Ficou parte da metade da prova na perseguição a Soucek, enquanto os ponteiros – Luca Filippi, Romain Grosjean e Lucas di Grassi – se distanciavam. O choque com a parede impediu-o de brigar por um lugar no pódio, já que Filippi e Grosjean se tocaram e o segundo abandonou, enquanto Di Grassi herdava a ponta. “Tenho feito boas provas, mas nem sempre o resultado vem junto. Mas hoje foi simplesmente desapontador”, resumiu Bruno.


Apesar da decepção e da posição aparentemente tranqüila de Pantano, Bruno garante que o campeonato ainda está longe de uma definição. “Ainda há muita coisa em jogo. Faltam quatro etapas e apenas uma delas pode mudar tudo. O que preciso é aproveitar as oportunidades. O lado positivo aqui é que, num final de semana em que zerei, o Pantano só marcou três pontos”, finalizou.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *