GP2 Series: Davide Valsecchi vence em Mônaco

O italiano Davide Valsecchi (AirAsia) venceu nesta sexta-feira (27/05), em Monte Carlo, Mônaco, a primeira prova da 3ª etapa da temporada. O português Álvaro Parente (Racing Engineering) e o italiano Luca Filippi (Super Nova) completaram o pódio.

Segundo no grid, Valsecchi assumiu a ponta na largada, depois que o pole, o britânico Sam Bird (iSport) ficou parado no grid. Nas voltas seguintes Valsecchi abriu uma confortável vantagem sobre Parente, mantendo a ponta depois do pit stop obrigatório.

Na 32ª volta Bird e o parceiro de equipe, o sueco Marcus Ericsson, disputando posição, se tocaram, com o Safety-Car sendo acionado. Ericsson perdeu a asa dianteira na saída do túnel, com Bird tambem abandonando com o carro avariado.

Com a prova reiniciada Valsecchi controlou Parente nas seis voltas finais, marcando a volta mais rápida na penúltima volta. Parente, que substitui o alemão Christian Vietoris, foi o 2º. Filippi usou a estratégia de entrar mais tarde nos boxes, para de 11º, conquistar a última vaga no pódio.

De último no grid, o francês Romain Grosjean (DAMS) terminou em 4º, seguido pelo monegasco Stefano Coletti (Trident) e o checo Josef Kral (Arden). O britânico Max Chilton (Carlin) e o francês Charles Pic (Addax) completaram os seis primeiros.

O brasileiro Luiz Razia (AirAsia) abandonou na 19ª volta.

Mesmo abandonando Bird manteve a liderança do campeonato com 23 pontos.

Final:

1 – Davide Valsecchi – Air Asia – 41 voltas em 1h00m23s857
2 – Alvaro Parente – Racing Engineering – 1″471
3 – Luca Filippi – Super Nova – 2″199
4 – Romain Grosjean – Dams – 4″219
5 – Stefano Coletti – Trident – 14″023
6 – Josef Kral – Arden – 14″487
7 – Max Chilton – Carlin – 16″071
8 – Charles Pic – Addax – 19″524
9 – Fabio Leimer – Rapax – 19″934
10 – Kevin Mirocha – Ocean – 26″692
11 – Kevin Ceccon – Coloni – 27″315
12 – Esteban Gutierrez – Lotus ART – 33″427
13 – Michael Herck – Coloni – 44″243
14 – Oliver Turvey – Carlin – 45″0. *
15 – Fairuz Fauzy – Super Nova – 1 volta
16 – Jolyon Palmer – Arden – 8 voltas

Volta mais rápida: Davide Valsecchi 1’23″011
* Punido em 30 segundos por não respeitar drive through

Abandonos:

Pal Varhaug – Dams – 10 voltas
Jules Bianchi – Lotus ART – 11 voltas
Johnny Cecotto – Ocean – 17 voltas
Luiz Razia – Air Asia – 19 voltas
Rodolfo Gonzalez – Trident – 19 voltas
Dani Clos – Racing Engineering – 21 voltas
Giedo Van der Garde – Racing Engineering – 22 voltas
Marcus Ericsson – iSport –  30 voltas
Sam Bird – iSport – 30 voltas
Julian Leal – Rapax – 35 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *