GP2 Series: Di Grassi competa rodada dupla em Magny-Cours somando 11 pontos

Depois do segundo lugar no sábado, piloto conquistou novos pontos neste domingo ao chegar em quarto lugar na 7ª etapa do ano.

 


“Onze pontos. É uma média excelente”. Dessa forma o brasileiro Lucas di Grassi, da equipe ART Grand Prix, resumiu o bom final de semana na rodada dupla da Fórmula GP2 realizada em Magny-Cours, como preliminar do GP da França de Fórmula 1. Após o segundo lugar na corrida de sábado (dia 30), ele foi o quarto colocado neste domingo (1º) na disputa da 7ª etapa do ano e marcou pontos importantes para o campeonato.


O vencedor da prova foi o espanhol Javier Villa, que concluiu as 28 voltas em 39min46s184. Luca Fillipi, em segundo, e Giorgio Pantano, em terceiro, completaram o pódio.


Lucas, que partiu da sétima colocação, já que os oito primeiros na etapa inicial largam em posições invertidas no domingo, afirmou que a performance do carro foi muito boa durante toda a prova. Outro ponto favorável foi o fato do líder do campeonato, o alemão Timo Glock, não ter marcado pontos nesta rodada. Com isso, a diferença diminuiu bastante entre os ponteiros. Glock tem 39 pontos, contra 31 de Fillipi e 29 de Lucas.


“A diferença caiu bastante e isso é muito bom. Estou satisfeito com a nossa performance, que mostra que estamos evoluindo. Foi o nosso melhor final de semana na temporada e sinto que em Silverstone, na semana que vem, vamos estar na briga pela vitória”, comentou o brasileiro de 22 anos.


“O carro está bem constante, temos andado sempre entre os primeiros, então a primeira vitória está próxima. Espero que seja logo, quem sabe em Silverstone”, completou o piloto que integra o programa de jovens talentos da equipe Renault de F-1, o RDD (Renault Driver Development).


A rodada na pista inglesa acontece no próximo final de semana, dias 7 e 8.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *