GP2 Series: Bruno Senna fica sem ponto na última volta na França

Bruno Senna deixou escapar na volta final a possibilidade de conquistar o último ponto em jogo na 7ª etapa da Fórmula GP2, vencida neste domingo em Magny-Cours (França) pelo espanhol Javier Villa. O brasileiro corria em 6º, mas acabou perdendo a posição para o japonês Kazuki Nakajima ao tentar a ultrapassagem sobre o russo Vitaly Petrov. Com o resultado, Bruno Senna conservou a quarta colocação no campeonato.

 


Segundo no grid, Villa foi o sétimo vencedor diferente em uma corrida que começou com asfalto úmido e parecia nas mãos do pole Nicolas Lapierre. O francês liderou 16 das 28 voltas, mas abandonou ao bloquear os freios ao final de uma reta. A partir daí, Villa assumiu a ponta e resistiu à pressão dos italianos Luca Filippi e Giorgio Pantano, que completaram o pódio. Dos outros brasileiros, Lucas di Grassi terminou em 4º e Xandinho Negrão atolou na brita ao perder o controle do carro na 10ª volta.


Bruno foi outro que deixou a impressão de que poderia ter saído do autódromo mais satisfeito. Largou em 6º, fechou a primeira volta em 3º, mas caiu para 9º pouco depois ao escapar brevemente da pista ao colocar as rodas sobre a zebra molhada. “O carro deu uma chicoteada tão forte que foi difícil segurá-lo. Tentei evitar as ultrapassagens, mas não foi possível”, relatou o piloto da Arden International.


Do meio para o final da prova, Bruno voltou a apertar o ritmo, sempre seguido de perto por Nakajima. Depois de ultrapassar Pastor Maldonado e entrar na zona de pontos, o melhor estreante da categoria em 2007 ainda tentou a última cartada sobre Petrov. Acabou tocando levemente a traseira do carro do russo e superado pelo japonês. Na avaliação de Bruno, que na véspera conquistara um excelente terceiro lugar, o desfecho ainda foi satisfatório. “Acho que fiz uma boa corrida. Não foi perfeita, mas também não foi ruim. Meu carro melhorou aqui na França e está mais competitivo. Dá para acreditar que poderemos andar bem no GP da Inglaterra no próximo fim de semana.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *