GP2 Series: Di Grassi é o melhor piloto da pré-temporada

Brasileiro da Racing Engineering se prepara para a abertura do campeonato, nos dias 9 e 10 de maio.

Depois de liderar dois dos três dias de testes na pista de Paul Ricard, na França, e o primeiro dia de ensaios em Barcelona, na Catalunha, o brasileiro Lucas Di Grassi (Eurobike/Schioppa) encerrou sua preparação para a temporada 2009 da GP2, último degrau antes da Fórmula 1. Di Grassi saiu dos ensaios como o melhor piloto na soma dos resultados de todos os treinos coletivos, firmando-se como forte candidato ao título. O campeonato começa nos dia 9 de maio no mesmo traçado catalão.

No balanço dos três dias em Barcelona, Lucas liderou o primeiro com 1min27s471 e dedicou os dois dias seguintes a completar o maior número de voltas possível fazendo simulações de corrida. Mesmo assim, ficou com o segundo melhor tempo no segundo dia (com 1min26s980 em 85 voltas) e encerrou o terceiro dia na terceira colocação marcando 1min26s858 na melhor de seus 71 giros cronometrados.

Di Grassi foi o único piloto que se manteve entre os três primeiros em todos os dias de testes da pré-temporada. O português Álvaro Parente e o espanhol Javier Villa pontearam a tabela de tempos por um dia cada, mas não mantiveram a consistência nas outras sessões.

Agora, Lucas se concentra no trabalho com os engenheiros na sede da equipe espanhola Racing Engineering em Jerez de La Frontera e intensifica seus treinamentos físicos para o início do campeonato.

“Acho que os tempos indicam que estamos no caminho certo para começar bem o ano, mas na GP2 não dá para titubear. Os outros times vão reagir. Isso aqui é uma mini-Fórmula 1, com muito dinheiro e interesses envolvidos. Então, não podemos ser ingênuos e nos considerar seguros. Não ganhamos nada ainda. Temos tudo a conquistar”, ponderou o piloto brasileiro. “Nossa equipe é muito profissional, e todos aqui sabem que o trabalho mal começou”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *