GP2 Series: Em dois fins de semana, Lucas já é 4º no campeonato

Em mais uma boa atuação, brasileiro crava novo pódio com outro segundo lugar. Na largada, Lucas saiu em 7º e pulou para 3º.

Em apenas dois finais de semana de corrida, o brasileiro Lucas Di Grassi (Eurobike) já colecionou pontos suficientes para assumir a quarta colocação na Fórmula GP2. Somando três segundos e um quarto lugares nas rodadas duplas da França, há duas semanas, e da Inglaterra, encerrada neste domingo, Lucas tem 24 pontos e já supera o francês Romain Grosjean, que o substitui na equipe ART Grand Prix, defendida pelo brasileiro no ano passado, quando Di Grassi foi vice-campeão. Na prova deste domingo Lucas compôs com o vencedor Bruno Senna a primeira dobradinha brasileira na categoria.


A largada de Lucas em Silverstone novamente pegou seus concorrentes no contrapé. O brasileiro saiu da sétima posição e pulou para terceiro, assumindo o segundo lugar ainda na primeira volta depois da rodada do italiano Luca Filippi, uma das vítimas da chuva intermitente que caiu no circuito britânico. Depois, os dois brasileiros mantiveram as posições até o final da corrida.


“Foi uma prova muito tensa para todo mundo, pois a chuva era inconstante, caía e parava, e a gente tinha que ficar sempre atento para não ser pego de surpresa pelo excesso de água em alguma curva. Você passava ali e, na volta seguinte, o piso estava completamente diferente – a quantidade de rodadas e saídas de pista foi resultado direto disso. Então, foi uma corrida para se manter o foco”, explicou o brasileiro patrocinado pela Eurobike. Lucas, que estreou na temporada seis corridas depois que seus rivais, foi muito celebrado no pódio pela equipe Barwa Campos Grand Prix, time espanhol que passou a defender a partir da rodada dupla da França.


“Começamos o trabalho muito atrasados, mas ficamos felizes por que estamos indo muito bem, o clima no time é muito bom, especialmente depois dos três pódios que conseguimos”, comenta o brasileiro, responsável pela ótima fase da equipe em 2008. “De outro lado, conversamos muito para melhorar o que já temos, pois sabemos que podemos andar mais forte se tivermos as condições de competitividade que outras equipes construíram desde os treinos de pré-temporada. Se vamos ter ou não (as condições), só vamos saber se trabalharmos muito – o que por si só não é suficiente, pois na GP2 todas as equipes de ponta dão um duro danado. Agora, vamos voltar para casa e nos concentrar na próxima rodada dupla”, explicou Di Grassi. A GP2 volta à pista nos dias 19 e 20 de julho, quando serão disputadas a 11ª e a 12ª etapas de 2008, em Hockenheim, Alemanha.


A não ser pela ascensão rápida de Lucas, os resultados do fim de semana não alteraram muito a classificação geral. Confira: 1) Giorgio Pantano, 50 pontos; 2) Bruno Senna, 39; 3) Sébastien Buemi, 25; 4) Lucas di Grassi,24; 5) Romain Grosjean, 23; 6) Vitaly Petrov, 20; 7) Álvaro Parente, Andreas Zuber e Karun Chandhok, 19; 10) Pastor Maldonado, 18.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *