GP2 Series: Espanhol vence terceira do ano em Hungaroring

O espanhol Javier Villa, de apenas 19 anos, conquistou neste domingo sua terceira vitória na Fórmula GP2 em 2007. A exemplo dos GPs da França e Europa, o piloto da Racing Engineering conseguiu beneficiar-se do sistema de grid da prova de domingo – os oito primeiros colocados do sábado partem em posições invertidas –, aproveitar a pole para somar mais seis pontos e assumir a quinta colocação no campeonato. O irlandês Adam Carroll (FMS), ganhador no sábado, e outro espanhol, Roldán Rodríguez (Minardi Piquet Sports), em seu melhor resultado na temporada, completaram o pódio.

 


O 4º lugar de Lucas di Grassi (ART GP) foi novamente o melhor dos brasileiros. Com o abandono do líder Timo Glock (iSport) por quebra mecânica, Di Grassi está agora a apenas um ponto do líder do campeonato – 55 a 54 em favor do alemão. Xandinho Negrão (Medley), que abandonara na véspera por causa de um acidente, terminou em 13º, logo depois de Bruno Senna (Arden International).


Xandinho reconheceu que o bom rendimento do carro da Minardi Piquet Sports em Hungaroring não pôde superar as circunstâncias adversas do fim de semana. “Meu ritmo sempre foi forte, mas partindo de trás, especialmente num circuito de ultrapassagens difíceis como este, fica tudo mais complicado. No treino classificatório da sexta-feira, sofri uma pane elétrica e larguei ontem em 19º; na prova, bati no Vitaly Petrov atravessado na reta. Hoje, fiquei a apenas três décimos da volta mais rápida, o que prova que poderia andar mais à frente”, comentou.


Com o calendário começando a se encaminhar para a parte final, Xandinho acredita na virada da atual fase de resultados aquém de suas expectativas. “A verdade é que não venho levando sorte. A rigor, só mesmo no GP da Europa, em Nürburgring, e em menor escala em Silverstone, pistas onde o carro saía bastante de frente, é que eu não estava competitivo. Nas demais, sempre fui envolvido em acidentes que não provoquei. Meu único erro foi no qualifying em Mônaco”, lembrou.


O resultado da 14ª etapa da Fórmula GP2 foi este:


1 – Javier Villa (Espanha), Racing Engineering, 28 voltas em 42min29s152
2 – Adam Carroll (Irlanda), FMS, a 0s662
3 – Roldán Rodríguez (Espanha), Minardi Piquet Sports, a 4s455
4 – Lucas di Grassi (Brasil), ART GP, a 13s300
5 – Borja García (Espanha), Durango, a 16s498
6 – Andreas Zuber (Áustria), iSport, a 17s307
7 – Giorgio Pantano (Itália), Campos GP, a 19s071
8 – Mike Conway (Inglaterra), SuperNova, a 19s914
9 – Vitaly Petrov (Rússia), Campos GP, a 27s589
10 – Kohei Hirate (Japão), Trident, a 32s429
11 – Jason Tahinci (Turquia), FMS, a 51s937
12 – Bruno Senna (Brasil), Arden, a 52s926
13 – Xandinho Negrão (Brasil), Minardi Piquet Sports, a 56s223


A nova classificação do campeonato: 1, Timo Glock, 55; 2, Lucas di Grassi, 54; 3, Luca Filippi, 35; 4 Kazuki Nakajima, 33; 5, Javier Villa e Giorgio Pântano, 28; 7, Andreas Zuber, 27; 8, Pastor Maldonado, 25; 9, Adam Carroll e Bruno Senna, 24; 21, Xandinho Negrão, Michael Ammermüller e Antonio Pizonia, 1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *