GP2 Series: Jolyon Palmer vence a segunda prova em Mônaco

O britânico Jolyon Palmer (iSport) venceu neste sábado (26/05), em Monte Carlo, Mônaco, a prova de encerramento da 5ª etapa da temporada. Foi a primeira vitória de Palmer na categoria. O britânico Max Chilton (Carlin) e o holandês Giedo van der Garde (Caterham) completaram o pódio.

Terceiro no grid, Palmer assumiu a ponta na Curva Sainte Devote na volta inicial. Logo depois o pole-position, o monegasco Stephane Richelmi (Trident) se enroscou com o britânico James Calado (Lotus). Richelmi abandonou, com Calado mantendo o segundo lugar, mesmo com a asa dianteira danificada. Na sequencia da prova o segundo piloto da casa, Stefano Coletti (Coloni), em um acidente sozinho, danificou o seu carro, abandonando.

Na curva Massanet começou a grande confusão da prova. Vencedor da prova de sexta-feira, o venezuelano Johnny Cecotto (Addax) rodou, provocando um engavetamento em massa. Oito pilotos abandonaram. Entre eles; Cecotto, o líder do campeonato, o italiano Davide Valsecchi (DAMS) e os brasileiros Victor Guerin (Ocean) e Felipe Nasr (Carlin), que foi acertado na traseira pelo compatriota, indo de encontro ao guard-rail. Guerin saiu do cockpit sozinho, queixando-se de dores no pescoço e principalmente na mão direita, submetida a exames mais detalhados no centro médico. O Safety-Car foi acionado.

Com o reinicio da prova, calado recebeu uma bandeira preta e laranja, tendo que ir aos boxes reparar o carro. Chilton passou para 2º, nove segundos atrás de Palmer.

Volta a volta, Chilton começou a tirar a vantagem de Palmer que, contudo manteve o controle até o final, recebendo a bandeirada com um segundo.

Palmer e Cecotto, ambos filhos de ex-pilotos de F-1, venceram pela primeira vez na GP2.

Van der Garde foi o 3º. O sueco Marcus Ericsson (iSport) terminou em 4º, seguido pelo venezuelano Rodolfo Gonzalez (Caterham). O brasileiro Luiz Razia (Arden) fechou os seis primeiros. Razia marcou a melhor volta da prova, ganhando o ponto extra.

Valsecchi lidera o campeonato com 141 pontos. Razia é o 2º com 110. Van der Garde com 85 é o 3º.

A próxima rodada dupla está marcada para os dias 23 e 24 de junho, em Valência, na Espanha.

Final:

1 – Jolyon Palmer – iSport – 30 vokltas em 45m41s227
2 – Max Chilton – Carlin – 1″083
3 – Giedo Van der Garde – Caterham – 4″426
4 – Marcus Ericsson – iSport – 8″133
5 – Rodolfo Gonzalez – Caterham – 19″968
6 – Luiz Razia – Arden – 23″273
7 – Nathanael Berthon – Racing Engineering – 26″376
8 – Esteban Gutierrez – Lotus – 26″880
9 – Simon Trummer – Arden – 31″663
10 – Josef Kral – Addax – 35″338
11 – Rio Haryanto – Carlin – 36″546
12 – Nigel Melker – Ocean – 37″164

Votla mais rápida: Luiz Razia 1’22″223

Abandonos:

James Calado – Lotus – 20 voltas
Julian Leal – Trident – 12 voltas
Fabio Leimer – Racing Engineering – 8 voltas
Victor Guerin – Super Nova – 0 volta
Tom Dillmann – Rapax – 0 volta
Stephane Richelmi – Trident – 0 volta
Stefano Coletti – Coloni – 0 volta
Ricardo Teixeira – Rapax – 0 volta
Johnny Cecotto – Addax – 0 volta
Giancarlo Serenelli – Lazarus – 0 volta
Fabio Onidi – Coloni – 0 volta
Davide Valsecchi – Dams – 0 volta
Felipe Nasr – Dams – 0 volta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *