GP2 Series: Lucas Di Grassi chega em segundo em Silverstone

Brasileiro ficou na dianteira a maior parte da prova, mas no final não tinha aderência para resistir ao ataque do italiano Giorgio Pantano.

O brasileiro Lucas Di Grassi (Eurobike) voltou a subir ao pódio neste sábado, durante a nona etapa da Fórmula GP2, em Silverstone, na Inglaterra. Lucas largou novamente muito bem, partindo da quarta posição para a vice-liderança já nos metros iniciais. Na terceira volta, com a rodada de Bruno Senna, Di Grassi assumiu a dianteira e a manteve até a volta número 31, quando foi superado pelo italiano Giorgio Pantano, que não perdeu mais a ponta. O brasileiro da Eurobike ainda esboçou uma reação na curva seguinte, colocando o carro lado a lado com o do líder do Campeonato, mas não foi possível retomar a liderança.

“Meus pneus estavam desgastados demais”, disse Lucas, bastante satisfeito com o resultado, apesar de meio contrariado. “Claro que fiquei meio chateado em perder essa vitória, pois nossa equipe (Barwa Campos Grand Prix) fez tudo certinho. Mas o carro simplesmente era muito instável nas freadas e perdia tração nas retomadas. Então, o Pantano passou e sumiu na frente”, relata o piloto. De fato, em apenas uma volta o italiano abriu mais de um segundo de vantagem, algo totalmente anormal na GP2.

Com o resultado, Lucas passou a somar 19 pontos, e ocupa o sexto lugar na tabela, apesar de ter retornado à categoria apenas na rodada dupla anterior, na França. Em três corridas – duas na França e a de hoje, na Inglaterra –, Di Grassi subiu ao pódio duas vezes, com dois segundos lugares. O brasileiro obteve ainda um quarto lugar. Neste período, apenas Pantano marcou mais pontos que Lucas. O italiano lidera, com 45 pontos.

A GP2 disputa neste domingo a segunda prova do final de semana, a partir das 5h30. A corrida será mostrada ao vivo pelo canal por assinatura Sportv2. Nesta prova, como o regulamento determina a inversão dos oito primeiros da prova inicial para compor o grid da corrida complementar, Lucas parte em sétimo, com a pole nas mãos do italiano Luca Filippi, que chegou em oitavo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *