GP2 Series: Luiz Razia vence a segunda prova em Barcelona

O brasileiro Luiz Razia (Arden) venceu neste domingo (13/05), em Barcelona, na Espanha, a prova de encerramento da 4ª etapa da temporada. Foi a segunda vitória de Razia no ano. O francês Nathanael Berthon (Racing Engineering) e o italiano Davide Valsecchi (DAMS) completaram o pódio.



Pole-position, devido ao grid invertido dos oito primeiros da prova de sábado, Razia venceu de ponta a ponta. O brasileiro foi pressionado por Berthon até a 16ª volta, quando o francês começou a perder rendimento. 


No final das 25 voltas, Razia venceu com 5s2 de vantagem sobre Berthon, que conquistou o seu primeiro pódio na categoria.

“Estava convencido de que esta corrida não iria fugir das minhas mãos. Tinha ciência de que largaria bem, o que aconteceu, e que temos um bom carro desde ontem. Foi só o caso de administrar os pneus e manter as pessoas atrás”, comenta Razia, que fez sua tradicional comemoração pós-corrida, beijando a bandeira do Brasil no capacete e dedicando a conquista a sua mãe.

“É difícil pilotar sob pressão, e Berthon estava a 0s6 de mim o tempo todo, o que não é confortável para pilotar na frente. Mas tentei administrar ele atrás de mim, dar espaço suficiente e não o deixar me ultrapassar, então foi uma corrida complicada do ponto de vista dos pilotos, pois você busca administrar os pneus para o fim da corrida e tenta marcar a melhor volta, que rende dois pontos a mais, o que eu fiz. Estou muito orgulhoso da equipe. Fácil? Nunca é”, completa.

Líder do campeonato, Valsecchi fechou o pódio. O britânico James Calado (Lotus) foi o 4º, seguido pelo britânico Max Chilton (Carlin). Vencedor da primeira prova da etapa, o holandês Giedo Van der Garde (Caterham) terminou em 6º.

Entre os demais brasileiros Felipe Nasr (Carlin) foi o 9º e Victor Guerin (Ocean), que levou um drive-through por queimar a largada, o 21º. Estreando na categoria nesta etapa, Guerin marcou a melhor volta da prova. Contudo o novato não ficou com os dois pontos de bônus, por não ter ficado entre os dez primeiros. Razia ficou com os pontos.

Valsecchi lidera o campeonato com 129 pontos. Razia é o 2º com 104, seguido por Calado com 69. Nasr é o 8º com 41.

A próxima rodada dupla acontece nos dias 25 e 26 de maio, no tradicional circuito montado nas ruas de Monte Carlo, em Mônaco.

Final:

1 – Luiz Razia – Arden – 25 voltas em 40m08s411
2 – Nathanael Berthon – Racing Engineering – 5″256
3 – Davide Valsecchi – Dams – 5″897
4 – James Calado – Lotus – 6″575
5 – Max Chilton – Carlin – 13″117
6 – Giedo Van der Garde – Caterham – 14″362
7 – Esteban Gutierrez – Lotus – 14″874
8 – Stefano Coletti – Coloni – 19″223
9 – Felipe Nasr – Dams – 19″703
10 – Fabrizio Crestani – Lazarus – 21″570
11 – Fabio Leimer – Racing Engineering – 22″852
12 – Tom Dillmann – Rapax – 23″312
13 – Johnny Cecotto – Addax – 30″155
14 – Rodolfo Gonzalez – Caterham – 30″601
15 – Rio Haryanto – Carlin – 31″281
16 – Josef Kral – Addax – 31″834
17 – Julian Leal – Trident – 32″817
18 – Fabio Onidi – Coloni – 34″371
19 – Stephane Richelmi – Trident – 34″818
20 – Simon Trummer – Arden – 35″426
21 – Victor Guerin – Ocean – 38″977
22 – Marcus Ericsson – iSport – 39″878
23 – Ricardo Teixeira – Rapax – 41″979
24 – Nigel Melker – Ocean – 48″441

Volta mais rápida: Victor Guerin em 1’34″343

Abandonos:

Giancarlo Serenelli – Lazarus – 3 voltas

Não largou:

Jolyon Palmer – iSport –

Campeonato:

1.Valsecchi 129 pontos; 2.Razia 104; 3.Calado 69; 4.Van der Garde 60; 5.Gutierrez 59; 6.Chilton 57; 7.Leimer 41; 8.Nasr 28; 9.Dillmann 27; 10.Coletti 26.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *