GP2 Series: Nelsinho é o segundo, enquanto Xandinho tem problemas com câmbio

O argentino José Maria Lopez, da Super Nova, foi o mais rápido no segundo dia de testes da Fórmula GP2, nesta sexta-feira em Paul Ricard, e quebrou o recorde do circuito francês. A marca, registrada em 1min12s547, superou em 0s291 o tempo do inglês Lewis Hamilton, da ART Grand Prix, obtido nos treinos coletivos realizados em fevereiro deste ano.


Logo atrás de Lopez apareceu o brasileiro Nelsinho Piquet, da Piquet Sports, que foi o mais veloz do período vespertino. Hamilton, por sua vez, completou os três primeiros, seguido de dois franceses: Alexandre Prémat, seu companheiro de equipe, em quarto, e Franck Perera, da DAMS, o quinto. A sexta melhor marca ficou para o alemão Andreas Zuber, da Trident.

Já Xandinho Negrão (Medley) voltou a enfrentar problemas com o câmbio de seu carro e não pôde repetir o desempenho do dia anterior, pois suas duas sessões de treinos foram muito truncadas. “Estou desapontado. Desde a tarde de ontem que o câmbio ficou apresentando problemas. Completei 42 voltas, mas saía para a pista e tinha que retornar logo em seguida, pois as marchas engasgavam ou não entravam”, desabafou o piloto da Piquet Sports.

O problema em seu Dallara-Renault é tão grave que nem os responsáveis pelo equipamento sabem o que está causando as falhas. “A Mecachrome – responsável pelo conjunto motor-câmbio – abriu a caixa de marchas e não soube identificar qual o defeito”. Com os imprevistos, Xandinho não pode evoluir muito nos ajustes de seu carro e o resultado final não mostrou o bom potencial apresentado no início dos treinos. “Você acaba tendo um enorme prejuízo nesse caso. Não consegui trabalhar no acerto de meu carro e os outros pilotos acabaram se aproximando”. O outro brasileiro presente nos testes, Lucas Di Grassi, da Durango, ficou com o 15o tempo no geral.

Para a próxima sessão, que será realizada nos dias 27 e 28 de março em Barcelona, na Espanha, Xandinho espera ter melhor sorte. “Deixamos de testar uma série de coisas, mas esse foi um problema isolado. Agora o negócio é consertar o carro para andar bastante e recuperar o tempo perdido”, concluiu.

Confira os tempos combinados desta sexta-feira:

1 Jose Maria Lopez (Argentina) Super Nova International 1min12s547
2 Nelsinho Piquet (Brasil) Piquet Sports 1min12s716
3 Lewis Hamilton (Inglaterra) ART Grand Prix 1min12s736
4 Alexandre Prémat (França) ART Grand Prix 1min12s834
5 Franck Perera (França) DAMS 1min12s838
6 Andreas Zuber (Alemanha) Trident Racing 1min12s851
7 Hiroki Yoshimoto (Japão) BCN Competicion 1min12s888
8 Adrian Valles (Espanha) Campos Racing 1min12s988
9 Nicolas Lapierre (França) Arden International 1min13s108
10 Ernesto Viso (Venezuela) iSport International 1min13s146
15 Lucas Di Grassi (Brasil) Durango 1min13s409
17 Xandinho Negrão (Brasil) Piquet Sports 1min13s462

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *