GP2 Series: Pizzonia marca seu primeiro ponto na categoria

O venezuelano Pastor Maldonado (Trident) venceu neste sábado a prova da Fórmula GP2, preliminar do GP de Mônaco de F-1. Em segundo chegou o italiano Giorgio Pantano (Campos), seguido do alemão Timo Glock (iSport), líder do Campeonato.


Entre os brasileiros, Lucas Di Grassi (ART) foi o quinto, Antonio Pizzonia (FMSI) o oitavo, Bruno Senna (Arden) o 11º, e Xandi Negrão (Minardi/Piquet), que estabeleceu a volta mais rápida da competição foi o 15º. Sergio Jimenez (Racing Engineering) bateu e não completou a quinta etapa do certame.

Depois de ter passado em branco nas quatro primeiras corridas da temporada, finalmente Antonio Pizzonia entrou na tabela de pontuação ao garantir um ponto. “Finalmente pontuamos. Não é aonde queremos estar, almejamos muito mais”, disse sobre a oitava posição em que terminou. “Pelo menos demos uma partida para a recuperação no campeonato em uma pista bem complicada”, comentou o amazonense, que havia largado da 12ª posição.

Com desvantagem no acerto de seu carro, Pizzonia está esperançoso em conseguir melhorar a performance de seu carro nos treinos coletivos que serão realizados nos dias 19 e 20 de junho em Paul Ricard, na França. “Ainda estamos atrás no equilíbrio do carro, mas vamos testar na França algumas soluções que pensamos ainda neste final de semana. Tentaremos melhorar principalmente para o momento em que a pista fica mais emborrachada”, planeja o piloto que já teve passagem pela Jaguar e Williams na Fórmula 1.

A sexta e sétima etapas da Fórmula GP2 acontecem nos dias 30 de junho e 1º de julho, em Magny-Cours, França.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *