GP2 Series: Pizzonia quer começar campeonato na Espanha

Amazonense abandonou as duas provas do Bahrein.

O brasileiro Antonio Pizzonia (FMS) acredita que o que podia dar errado durante 2007 aconteceu no Bahrein, e sua primeira temporada na Fórmula GP2 deve começar mesmo a partir da segunda etapa, na preliminar do GP da Espanha de Fórmula 1, em meados de maio. “Tenho que apagar tudo o que aconteceu em Sakhir e recomeçar em Barcelona. Tivemos muitos problemas e agora teremos um mês de intervalo para resolver os problemas internos. Na Espanha vai ser melhor”, acredita o amazonense, que parou na primeira corrida da programação por problemas de dirigibilidade de seu carro, e na prova de domingo (15/4) se envolveu em uma batida ainda na segunda volta.

Largando da 16ª posição na prova curta de domingo, Antonio Pizzonia partiu bem e ganhou três posições, quando o ‘pace car’ entrou por causa de um acidente ainda na primeira volta. No começo da terceira passagem, durante a relargada o brasileiro pegou o vácuo do italiano Giorgio Pantano, que freou inesperadamente na reta. “Não entendi porque ele fez aquilo. Eu estava embutido nele para fazer a ultrapassagem e não tive como sair e enchi a traseira dele”, contou o representante da Fisichella Motor Sport International, que foi obrigado a abandonar devido ao acidente.

Acostumado a correr por equipes britânicas desde que começou no automobilismo, com breve experiência em time norte-americano (Champ Car) no ano passado, na abertura do campeonato da GP2 Antonio Pizzonia começou a sentir como é o clima e organização de escuderia italiana durante um final de semana, principalmente quando as coisas não começam bem. “A coisa rola bem desorganizada e com muita interferência externa. Os mecânicos, coitados, ficam desorientados”, comentou o piloto que já passou pela Fórmula 1, nas equipes Jaguar e Williams.

O reflexo de todo o tumulto dentro da FMS é que os acertos foram feitos mais em cima das sugestões vindas por telefone diretamente da Itália, onde ficou o diretor técnico Paolo Coloni, do que nas constatações do engenheiro de pista e de Pizzonia. “Na próxima semana irei até a sede da equipe discutir isto e tentar arrumar a casa. Como ele já conhecia bem o esquema do time, fiquei sabendo que o meu companheiro de equipe fez algumas exigências contratuais sobre estas interferências. Eu tenho pretensão de brigar pelo título, então, vou sentar com a equipe e esclarecer tudo, para que a partir de Barcelona possamos brigar pelas vitórias”, encerrou o amazonense.

A prova deste domingo será transmitida em VT pelo canal por assinatura SporTV, às 21h00 (Brasília).

A segunda etapa da GP2 Series será nos dias 12 e 13 de maio, em Barcelona, como preliminar do GP da Espanha de Fórmula 1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *