GP2 Series: Problema no alternador impede Razia de chegar aos pontos na Turquia

Piloto brasileiro já tinha parado para a troca de pneus quando o carro de segurança entrou na pista. Da 16ª posição, ele teria assumido o sexto lugar se não tivesse ficado sem bateria.

A sorte brincou com o piloto brasileiro Luiz Razia na quinta etapa da Fórmula GP2, realizada neste sábado em Istambul, na Turquia. Se por um momento ele foi beneficiado pela entrada do carro de segurança, que lhe deu a esperança de ganhar pelo menos dez posições na parada de box, por outro ele abandonou a disputa em virtude de um problema no alternador – sistema responsável por carregar a bateria dos carros durante o movimento.

Razia fazia boa corrida de recuperação neste sábado, e já estava em 13º quando parou nos boxes para a troca obrigatória de pneus. Depois de um pit stop rápido, ele perdeu apenas três posições, e estava em 16º quando o ritmo da corrida foi diminuído pela entrada do carro de segurança. Nesse momento, o brasileiro viu sua diferença para os líderes diminuir consideravelmente, e passou a sonhar com a conquista de seus primeiros pontos na competição.

“Quando o carro de segurança entrou na pista, pelo menos dez dos pilotos que estavam na minha frente ainda não tinham parado para a troca de pneus”, lembrou Razia. “Com isso, eu teria voltado do pit stop entre os seis primeiros, e teria boas chances de terminar a corrida bem colocado, já que meu ritmo de prova era parecido com o do pessoal da frente”, disse o brasileiro.

Quando retornou da troca de pneus, Razia estava imediatamente atrás do venezuelano Pastor Maldonado, o que significa que ele poderia ter chegado ao final da prova na sexta ou sétima posições – o que representaria, ainda, a chance de largar nas duas primeiras filas na corrida deste domingo.

“Faltou sorte hoje, mas isso é coisa de corrida. Deixei a pista satisfeito com o nosso ritmo e com o comportamento do carro. Essa foi minha maior chance do ano de pontuar, e isso mostra que estamos evoluindo constantemente. Para a corrida de amanhã, largando na 11ª fila, fica difícil fazer qualquer projeção. Mas espero, pelo menos, andar novamente no ritmo do pessoal da frente”, encerrou Razia.

A vitória na etapa deste sábado da Fórmula GP2 ficou com o russo Vitaly Petrov. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *