GP2 Series: Raffaele Marciello vence em Spa-Francorchamps

O italiano Raffaele Marciello (Racing Engineering) venceu neste sábado (23/08), em Spa-Francorchamps, na Bélgica, a prova longa da oitava etapa da temporada. Foi a primeira vitória de Marciello na categoria. O belga Stoffel Vandoorne (ART Grand Prix) e o venezuelano Johnny Cecotto Jr. (Trident) completaram o pódio.

Pole-position, Vandoorne manteve a ponta na largada, com o britanico Jolyon Palmer (DAMS), segundo no grid, rodando na La Source. Marciello escapou da pista, sendo superado pelo neozelandês Mitch Evans (Russian Time) e Cecotto Jr.

Uma tempestade atingiu o circuito na primeira volta, com o norte-americano Conor Daly (Venezuela GP Lazarus) parando na pista. Na volta seguinte, o Safety-Car foi acionado, com Evans perdendo posições após uma rodada.

A bandeira vermelha foi agitada, paralisando a prova. Quinze minutos depois a prova recomeçou, com Vandoorne em primeiro, seguido por Cecotto Jr. Marciello, o francês Nathanaël Berthon (Venezuela GP Lazarus) e o brasileiro Felipe Nasr (Carlin).

Na 5ª volta, Cecotto superou Vandoorne na La Source, mas escapou na Les Combes. Poucas curvas depois, o venezuelano seguiu as ordens da equipe, e devolveu a posição para o belga.

Com a pista ainda molhada, os pilotos começaram a entrar nos boxes, permanecendo com pneus de chuva. Vandoorne entrou na 17ª volta, seguido por Cecotto Jr. Marciello permaneceu na pista por mais duas voltas.

O italiano retornou a prova, colado na traseira de Vandoorne. Com mais aderência, Marciello superou Vandoorne na Rivage, faltando três voltas para o final.

No final, Marciello venceu com dois segundos de vantagem sobre Vandoorne. Cecotto Jr. completou o pódio.

Nasr terminou em terceiro, seguido por Evans e Palmer. O russo Artem Markelov (Russian Time), o alemão Daniel Abt (Hilmer Motorsport), o brasileiro André Negrão (Arden International) e o holandês Daniel De Jong (MP Motorsport) completaram a zona de pontos. Abt garantiu a pole-position para a segunda prova (oito primeiros invertidos). Markelov e Negrão conquistaram seus primeiros pontos no campeonato.

Palmer lidera o campeonato com 200 pontos, seguido por Nasr com 161 e Vandoorne com 131.

Final:

1. Raffaele Marciello Racing Engineering 25 voltas em 1h19m29s116
2. Stoffel Vandoorne ART Grand Prix + 2.088
3. Johnny Cecotto Jr. Trident + 35.375
4. Felipe Nasr Carlin + 39.831
5. Mitch Evans Russian Time + 50.526
6. Jolyon Palmer DAMS + 60.123
7. Artem Markelov Russian Time + 61.166
8. Daniel Abt Hilmer Motorsport + 61.776
9. André Negrao Arden International + 62.872
10. Daniel De Jong MP Motorsport + 65.435
11. Adrian Quaife-Hobbs Rapax + 71.224
12. Tom Dillmann EQ8 Caterham Racing + 76.681
13. Julian Leal Carlin + 77.071
14. Marco Sorensen MP Motorsport + 78.325
15. Arthur Pic Campos Racing + 78.578
16. Takuya Izawa ART Grand Prix + 79.110
17. Kimiya Sato Campos Racing + 81.789
18. Simon Trummer Rapax + 82.766
19. Jon Lancaster Hilmer Motorsport + 92.099
20. Sergio Canamasas Trident + 93.957
21. Stéphane Richelmi DAMS + 94.528
22. Nathanaël Berthon Venezuela GP Lazarus + 110.554

Abandonos
Rio Haryanto EQ8 Caterham Racing 22 voltas
Stefano Coletti Racing Engineering 12 voltas
Rene Binder Arden International 6 voltas
Conor Daly Venezuela GP Lazarus 1 volta

Volta mais rápida
Raffaele Marciello Racing Engineering 2:16.422 (114.846mph) na volta 21

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *