GP2 Series: Razia lidera antes das paradas, e comemora boa estratégia em Portugal

Piloto brasileiro ganhou seis posições durante a corrida, e ficou próximo de largar novamente em primeiro na corrida deste domingo.

Uma perfeita estratégia de box por pouco não rendeu ao brasileiro Luiz Razia uma nova chance de largar na pole position na temporada 2009 da Fórmula GP2. Neste sábado, no Autódromo Internacional de Algarve, em Portugal, Razia partiu da 16ª posição no grid e chegou a liderar a prova por algumas voltas depois de retardar ao máximo sua parada obrigatória para troca de pneus.

O brasileiro retornou à pista na 13ª posição e cruzou a linha de chegada em 12º, a apenas três segundos de seu companheiro de equipe e primeiro colocado no grid para a corrida deste domingo, Andreas Zuber. A chegada aos Top 10 só foi confirmada horas depois da prova, em razão da exclusão de Michael Herck – por irregularidade técnica – e da penalização de 25 segundos dada a Davide Rigon por cortar a segunda curva do circuito logo após a largada.


“Fizemos uma boa estratégia, mas meu carro não esteve tão bem hoje em ritmo de corrida e, por isso, não consegui aproveitar totalmente a chance de ter tido pista livre durante algumas voltas”
, declarou Razia. “Acredito que meu companheiro de equipe tenha sofrido o mesmo problema, por isso ele não conseguiu ir além da nona posição. Amanhã ele larga na pole, com a desclassificação do Michael Herck, e é bom ver nossa equipe terminar a temporada novamente brigando pela vitória”, declarou Razia.

Em razão do pouco tempo disponível até a corrida deste domingo, Razia acredita que seu carro não deva mudar muito para a última corrida do ano da GP2. Saindo entre os dez primeiros, ele não abandona a meta de terminar a corrida na zona de pontos, mas admite que possa não estar tão competitivo.


“Seria bom fechar o ano somando pontos, mas não faremos grandes mudanças no carro e falta um pouco de ritmo para conseguirmos ganhar posições. De qualquer maneira, tivemos uma boa evolução nestas últimas duas rodadas, que terminaram em uma vitória para mim e bons resultados também para o Andreas (Zuber). O jeito é contar com a sorte e acelerar”
, encerrou Razia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *