GP2 Series: Sam Bird e James Calado vencem em Spa-Francorchamps

Os britânicos Sam Bird (Russian Time) e James Calado (ART) foram os vencedores da 8ª etapa da temporada, disputada em Spa-Francorchamps, na Bélgica.

Prova 1:

No sábado (24/08), Brid venceu a primeira prova. Foi a sua quarta vitória no ano. O sueco Marcus Ericsson (DAMS) e o norte-americano Alexander Rossi (EQ8 Caterham Racing) completaram o pódio.

Pole-position, Bird venceu de ponta a ponta, recebendo a bandeirada com sete segundos de vantagem sobre Ericsson. O sueco e Rossi fizeram um ótimo duelo após o pit stop, com Ericsson terminando em segundo com 1s2 de vantagem.

O suíço Fabio Leimer (Racing Engineering) terminou em quarto, seguido pelo francês Tom Dillmann (Russian Time). O colombiano Julian Leal (Trident) foi o sexto, seguido pelo monegasco Stéphane Richelmi (DAMS) e o britânico James Calado (ART), que garantiu a pole para a segunda prova (oito primeiros invertidos). Retornando a categoria, o holandês Robin Frijns e o britânico Adrian Quaife-Hobbs, ambos da Hilmer, fecharam a zona de pontos.

Líder do campeonato, o monegasco Stefano Coletti (Rapax), terminou apenas na 13ª posição. Coletti vinha em terceiro, quando um pit stop lento o fez perder várias posições na 12ª volta. Depois teve o carro danificado, ao levar um toque na traseira do espanhol Dani Clos (MP).

Segundo no campeonato, o brasileiro Felipe Nasr (Carlin) abandonou na 5ª volta, logo após um período de Safety-Car, ao tentar superar o parceiro de equipe, o britânico Jolyon Palmer, na La Source. Os dois se tocaram, e o brasileiro abandonou.

O Safety-Car foi acionado devido a uma batida do holandês Daniël de Jong (MP), que acertou o muro na Eau Rouge.

Final, prova 1:

1. #11 Sam Bird Russian Time 25 voltas em 52m55s642
2. #1 Marcus Ericsson DAMS + 7.001
3. #15 Alexander Rossi EQ8 Caterham Racing + 8.242
4. #8 Fabio Leimer Racing Engineering + 13.950
5. #12 Tom Dillmann Russian Time + 15.353
6. #7 Julián Leal Racing Engineering + 18.643
7. #2 Stéphane Richelmi DAMS + 26.086
8. #3 James Calado ART GP + 27.559
9. #23 Robin Frijns Hilmer Motorsport + 28.425
10. #22 Adrian Quaife-Hobbs Hilmer Motorsport + 30.497
11. #6 Mitch Evans Arden + 33.190
12. #19 Simon Trummer Rapax + 33.341
13. #18 Stefano Coletti Rapax + 33.837
14. #5 Johnny Cecotto Jr. Arden + 48.970
15. #10 Jolyon Palmer Carlin + 49.347
16. #4 Daniel Abt ART GP + 52.471
17. #16 Jake Rosenzweig Barwa Addax + 57.102
18. #25 Vittorio Ghirelli Venezuela GP Lazarus + 57.982
19. #17 Rio Haryanto Barwa Addax + 63.628
20. #26 Dani Clos MP Motorsport + 80.316
21. #21 Ricardo Teixeira Trident Racing + 87.365
22. #20 Nathanaël Berthon Trident Racing + 88.885

Abandonos
#14 Sergio Canamasas EQ8 Caterham Racing 19 voltas
#9 Felipe Nasr Carlin 5 voltas
#27 Daniël de Jong MP Motorsport 3 voltas
#24 Rene Binder Venezuela GP Lazarus (retired at start)

Volta mais rápida:

#12 Tom Dillmann Russian Time 1:59.644 (130.950mph) na volta 19

Prova 2:

Neste domingo (25/08), Calado venceu a segunda prova (a segunda, chamada Sprint Race, é sempre mais curta do que a primeira, a Feature Race). Foi a sua primeira vitória no ano. Leal e Quaife-Hobbs fecharam o pódio.

Com pista úmida, Calado, pole-position, manteve a posição, com Richelmi, segundo no grid, perdendo posições, e Leal assumindo a segunda posição.

Com uma sequencia de voltas rápidas, Calado abriu uma confortável vantagem sobre Leal. Contudo com o passar das voltas, Leal, que economizou melhor os pneus, foi tirando a diferença, até colar em Calado nas voltas finais.

Com Calado se defendendo, Leal não teve chances de tentar a vitória, com a dupla recebendo a bandeirada, separados por apenas 0s447. Foi o primeiro pódio de Leal na categoria. Quaife-Hobbs fechou o pódio.

Richelmi foi o quarto, seguido por Leimer e Palmer e o venezuelano Johnny Cecotto Jr. (Arden). Nasr fez uma intensa disputa com Dillmann na pelo ponto final. Na última volta, o francês errou e cortou a Bus Stop, recebendo a bandeirada em oitavo. Após a prova, Dillmann foi punido com o acréscimo de um ponto, com Nasr passando para oitavo.

Coletti, que errou na escolha dos pneus no começo da prova, terminou em 18º. Pela quarta prova consecutiva, Coletti não somou pontos. Ele lidera o campeonato com 135 pontos, cinco a mais do que Nasr. Leimer é o terceiro com 128.

A próxima etapa acontece nos dias 07 e 08 de setembro, em Monza, na Itália.
    
Final, prova 2:

1. #3 James Calado ART GP 18 voltas em 36:21.338
2. #7 Julián Leal Racing Engineering + 0.447
3. #22 Adrian Quaife-Hobbs Hilmer Motorsport + 1.532
4. #2 Stéphane Richelmi DAMS + 17.905
5. #8 Fabio Leimer Racing Engineering + 29.053
6. #10 Jolyon Palmer Carlin + 33.284
7. #5 Johnny Cecotto Jr. Arden + 37.321
8. #9 Felipe Nasr Carlin + 40.455
9. #12 Tom Dillmann Russian Time + 41.052*
10. #6 Mitch Evans Arden + 43.421
11. #19 Simon Trummer Rapax + 44.373
12. #14 Sergio Canamasas EQ8 Caterham Racing + 45.170
13. #20 Nathanaël Berthon Trident Racing + 45.987
14. #11 Sam Bird Russian Time + 47.459
15. #1 Marcus Ericsson DAMS + 50.141
16. #4 Daniel Abt ART GP + 50.726
17. #27 Daniël de Jong MP Motorsport + 50.818
18. #25 Vittorio Ghirelli Venezuela GP Lazarus + 53.466
19. #26 Dani Clos MP Motorsport + 54.532
20. #24 Rene Binder Venezuela GP Lazarus + 59.796
21. #16 Jake Rosenzweig Barwa Addax + 63.052
22. #15 Alexander Rossi EQ8 Caterham Racing + 78.035
23. #18 Stefano Coletti Rapax + 81.639
24. #21 Ricardo Teixeira Trident Racing + 87.956
25. #17 Rio Haryanto Barwa Addax + 1 volta

Retirements
#23 Robin Frijns Hilmer Motorsport 1 volta

Volta mais rápida

#15 Alexander Rossi EQ8 Caterham Racing 1:59.880 (130.692mph) na volta 15

* Punido com um segundo por cortar a variante na volta final

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *