GP2 Series: Sam Bird vence primeira prova em Mônaco

O britânico Sam Bird (Russian Time) venceu nesta sexta-feira (24/05), em Monte Carlo, Mônaco, a prova longa da quarta etapa da temporada. Foi a segunda vitória de Bird, a primeira em uma prova longa. O italiano Kevin Ceccon (Trident) e o neozelandês Mitch Evans (Arden) completaram o pódio.

Pole-position, o venezuelano Johnny Cecotto Jr. (Arden) fez uma largada lenta, com seu parceiro de equipe Evans, assumindo a liderança na Ste. Devote. Na sequencia Cecotto veio muito por dentro, acertando a barreira de proteção, com o suíço Fabio Leimer (Racing Engineering) não conseguindo evitar a batida.  Uma confusão de carros se formou atrás, com a prova sendo paralisada em bandeira vermelha, devido à quantidade de pedaços de carros espalhados.

Os carros foram levados para a reta principal, com Brid em primeiro, seguido por Evans, Cecotto, o brasileiro Felipe Nasr (Carlin) e o britânico James Calado (ART). A prova recomeçou, após 30 minutos, com o Safety Car na pista por uma volta.  Bird tinha pneus macios e Evans, o supermacios.

Na 7ª volta começou a sessão de paradas nos boxes, para a torça de pneus obrigatória. Evans parou nos boxes na 13ª volta, voltando atrás de Ceccon, que parou duas antes.

Bird permaneceu na pista, fazendo três voltas rápidas, até entrar nos boxes, e retornar tranquilamente na ponta. O britânico venceu com 22 segundos de vantagem sobre Ceccon.

Evans garantiu a última vaga no pódio, apenas 0s2 a frente de Nasr. Calado foi o quinto, seguido pelo monegasco Stefano Coletti (Rapax), líder do campeonato. O austríaco Rene Binder (Venezuela GP Lazarus), o britânico Adrian Quaife-Hobbs (MP Motorsport), o monegasco Stephane Richelmi (DAMS) e o holandês Daniel De Jong (MP Motorsport) completaram a zona de pontos. Quaife-Hobbs garantiu a pole para a segunda prova (grid invertido com os oito primeiros).

Cecotto acabou excluído do restante do final de semana, devido à confusão na largada, que eliminou além do venezuelano, mas oito pilotos.

Final:

1 S. Bird RUSSIAN TIME 42 voltas em em 1:36:15.919        
2 K. Ceccon Trident Racing a 22.077        
3 M. Evans Arden International a 23.225    
4 F. Nasr Carlin a 23.416    
5 J. Calado ART Grand Prix a 29.588    
6 S. Coletti Rapax a 60.519
7 R. Binder Venezuela GP Lazarus a 62.449    
8 A. Quaife-Hobbs MP Motorsport a 68.400    
9 S. Richelmi DAMS a 72.107    
10 D. De Jong MP Motorsport a 82.410    
11 T. Dillmann RUSSIAN TIME a 89.356    
12 J. Lancaster Hilmer Motorsport a 1 volta     
13 S. Trummer Rapax a 1
14 J. Rosenzweig Barwa Addax Team a 1
15 S. Canamasas EQ8 Caterham Racing a 2
16 D. Abt ART Grand Prix a 2

Abandonos:

R. Haryanto Barwa Addax Team 26    
R. Frijns Hilmer Motorsport 0                        
N. Berthon Trident Racing 0                    
M. Ericsson DAMS 0                        
K. Giovesi Venezuela GP Lazarus 0                        
J. Palmer Carlin 0                        
J. Leal Racing Engineering 0                        
J. Cecotto Arden International 0                    
F. Leimer Racing Engineering 0                         
A. Rossi EQ8 Caterham Racing 0             

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *