GP2 Series: ‘Sou amazonense e vou correr pelo Brasil’

Piloto que disputará a Fórmula GP2 desmente boatos de que correria com licença italiana.


Recentemente contratado pela Fisichella Motor Sport para disputar o título da Fórmula GP2 em 2007, Antonio Pizzonia ficou surpreso com informações veiculadas na mídia após o anúncio de sua confirmação na equipe, que levantavam a possibilidade de que o piloto pudesse correr defendendo a Itália. “Sou amazonense, tenho orgulho de ser brasileiro e vou correr com a bandeira do Brasil”, afirma Pizzonia.

Apesar de ter sobrenome e descendência italiana, assim como milhões de brasileiros, e da equipe FMS ter em seu quadro de funcionários uma quase totalidade de profissionais desta nação, o manauara continuará defendendo o verde e amarelo. “Não sei de onde saíram estes boatos, e se foi por parte de alguém da equipe, então falou uma asneira, pois sequer fui consultado a respeito disso”, ressalta o brasileiro, que já correu até na Fórmula 1 pelas equipes Jaguar e Williams, sempre defendendo as cores do Brasil.

“Quero brigar pelo título da GP2 no próximo ano e ser o primeiro de nosso país a conquistá-lo. Fazer o hino brasileiro tocar no podium é algo especial para mim. Tenho muito orgulho em ser brasileiro, sempre corri por esta nação, sempre defenderei nossa bandeira e ponto final!”, esclarece definitivamente Antonio Pizzonia, que chega ao Brasil na próxima quarta-feira (13/12) para participar do Desafio das Estrelas, em Florianópolis (SC).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *