GP2 Series: Stoffel Vandoorne conquista o título de 2015

O belga Stoffel Vandoorne (ART Grand Prix) conquistou neste domingo (11/10), o título da temporada 2015 da GP2 Series. Vanddorne garantiu a taça com duas etapas de antecedência. O norte-americano Alexander Rossi (Racing Engineering) e o neozelandês Richie Stanaway (Status Grand Prix) foram os vencedores em Sochi.

Prova 1:

No sábado (1010) Rossi venceu a primeira prova da etapa. O francês Pierre Gasly (DAMS) e Vandoorne completaram o pódio.

Devido a um múltiplo acidente na volta inicial, que ocasionou a bandeira vermelha, a prova foi encurtada de 28 para 15 voltas (quando a prova recomeçou, faltava apenas 30 minutos para o por do sol). Apenas a metade dos pontos foi atribuída aos dez primeiros colocados.

Pole-position, o britânico Alex Lynn (DAMS) manteve a ponta na relargada, e depois dos pit stops obrigatórios, retornou a liderança. Porém na 11ª volta, Lynn escapou na curva 13 e acertou a barreira de pneus. Com o carro danificado, o britânico abandonou.

Rossi assumiu a liderança, para vencer com três segundos de vantagem sobre Gasly. Vandoorne fechou o pódio.

O russo Sergey Sirotkin (Rapax) terminou em quarto, seguido pelo indonésio Rio Haryanto (Campos Racing) e o italiano Raffaele Marciello (Trident). O neozelandês  Richie Stanaway (Status Grand Prix), o francês Arthur Pic (Campos Racing), o britanico Dean Stoneman (Carlin) e o japones Nobuharu Matsushita (ART Grand Prix) fecharam a zona de pontos.

O brasileiro André Negrão (Arden International) terminou na 15ª posição.

Final, prova 1:

1. Alexander Rossi Racing Engineering 15 voltas em 58:33.520s 

2. Pierre Gasly DAMS + 3.101s 

3. Stoffel Vandoorne ART Grand Prix + 4.279s 

4. Sergey Sirotkin Rapax + 8.474s 

5. Rio Haryanto Campos Racing + 11.884s 

6. Raffaele Marciello Trident + 12.695s 

7. Richie Stanaway Status Grand Prix + 14.506s 

8. Arthur Pic Campos Racing + 15.698s 

9. Dean Stoneman Carlin + 20.660s 

10. Nobuharu Matsushita ART Grand Prix + 23.457s 

11. Mitch Evans Russian Time + 26.819s 

12. Norman Nato Arden International + 27.140s 

13. Johnny Cecotto Jr. Trident + 30.727s 

14. Nathanaël Berthon Lazarus + 32.828s 

15. André Negrão Arden International + 37.369s 

16. Rene Binder MP Motorsport + 39.930s 

17. Robert Visoiu Rapax + 42.614s 

18. Nicholas Latifi MP Motorsport + 44.888s 

19. Sean Gelael Carlin + 59.064s 

abandonos:

Alex Lynn DAMS 11 voltas

Sergio Canamasas Lazarus 1

Marlon Stöckinger Status Grand Prix 1

Jordan King Racing Engineering 1

Artem Markelov Russian Time 1

Volta mais rápida:

Stoffel Vandoorne ART Grand Prix 1:47.195s (122.035mph) na volta 15

Prova 2:

Neste domingo (11/10), Stanaway venceu pela segunda vez na categoria. Haryanto e Marciello completaram o pódio.

Stanaway assumiu a liderança na segunda curva, após o pole Pic escapar da pista. Um múltiplo acidente provocou a entrada do Safety-Car logo na primeira volta. Com a prova reiniciada, Stanaway rapidamente abriu vantagem sobre Haryanto. 

Subitamente a vantagem despareceu, e justo quando  um segundo Safety-Car, devido a uma forte batida do venezuelano Johnny Cecotto Jr. (Trident), foi acionado, Haryanto superou Stanaway.

Com o carro de segurança na pista, Stanaway se posicionou logo atrás, seguido de Haryanto. Depois do pódio, o indonésio protestou, alegando que estava a frente quando o Safety-Car foi acionado. Mas os comissários da prova mantiveram o resultado.

Marciello  foi o terceiro. Com o quarto lugar, Vandoorne garantiu por antecipação, o título de 2015. Gasly foi o quinto, seguido por Rossi, Matsushita e Pic. Negrão terminou na 12ª posição.

A próxima etapa acontece no Bahrain, entre os dias 20 e 21 de novembro. 

Final, prova 2:

1. Richie Stanaway Status Grand Prix 21 voltas em 40:30.089s 

2. Rio Haryanto Campos Racing + 0.579s 

3. Raffaele Marciello Trident + 1.293s 

4. Stoffel Vandoorne ART Grand Prix + 2.045s 

5. Pierre Gasly DAMS + 2.459s 

6. Alexander Rossi Racing Engineering + 4.498s 

7. Nobuharu Matsushita ART Grand Prix + 4.780s 

8. Mitch Evans Russian Time + 5.390s 

9. Norman Nato Arden International + 5.796s 

10. Alex Lynn DAMS + 6.923s 

11. André Negrão Arden International + 7.696s 

12. Artem Markelov Russian Time + 7.825s 

13. Arthur Pic Campos Racing + 10.187s* 

14. Nicholas Latifi MP Motorsport + 11.954s 

15. Jordan King Racing Engineering + 12.218s 

16. Dean Stoneman Carlin + 13.749s 

17. Sergio Canamasas Lazarus + 15.927s* 

18. Robert Visoiu Rapax + 17.343s 

19. Nathanaël Berthon Lazarus + 19.467s 

20. Sergey Sirotkin Rapax + 26.278s 

21. Sean Gelael Carlin + 1 volta 

*Punidos com cinco segundos

Abandonos:

Johnny Cecotto Jr. Trident 19 voltas

Rene Binder MP Motorsport 1

Marlon Stöckinger Status Grand Prix 1

Volta mais rápida:

Nathanaël Berthon Lazarus 1:47.147s (122.089mph) na volta 19 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *