GP3: Pedro Nunes renova com Lotus ART para a temporada 2011

Piloto brasileiro garantiu permanência na equipe campeã de 2010 em razão da evolução demonstrada neste ano, que culminou com a conquista do terceiro melhor tempo no treino realizado no início da pré-temporada em Portugal

O brasileiro Pedro Nunes (OGX/Grupo CGE/Claro/Wella/Alfaparf) vai continuar na GP3 na temporada 2011. Ele renovou nesta sexta-feira contrato por mais um ano com a equipe campeã Lotus ART, com a qual conquistou seus primeiros pontos no campeonato europeu da categoria e marcou o terceiro melhor tempo nos testes de pré-temporada realizados no circuito de Estoril, em Portugal.

O piloto ressaltou o excelente ambiente de trabalho da equipe e o profissionalismo que fizeram da ART, dirigida por Nicolas Todt e Frederic Vasseur, um dos times mais respeitadas do mundo.

“Para mim é um grande privilégio disputar mais uma temporada na GP3 pela Lotus ART. O Nicolas e o Frederic estão me dando uma grande oportunidade e estou muito feliz com isso. Tivemos um ano de muito trabalho e, para 2011, o objetivo é continuar aprendendo e evoluindo”, comentou Nunes.

Vice-campeão da F-3 Sul-Americana em 2008, Pedro parte para sua terceira temporada completa no automobilismo europeu, e segue em intensa fase de preparação para atingir as principais categorias do automobilismo internacional.

Seu primeiro campeonato na GP3 foi marcado por boas corridas nos circuitos de Barcelona, Hockenheim e Spa-Francorchamps – onde ele largou na primeira fila na corrida de domingo.

“Tenho que agradecer aos patrocinadores que estiveram comigo neste ano, em especial à OGX, pela confiança no meu trabalho. Conseguimos bons resultados e uma grande evolução na categoria, que está entre as mais competitivas do mundo. Devemos ter novamente 30 carros no grid no ano que vem, e depois de um ano de desenvolvimento, o desempenho dos carros deve ficar ainda mais parecido”, opinou.

E o brasileiro tem grande parcela de razão. Nos treinos realizados em Portugal há alguns meses, ele ficou com a terceira melhor marca, a apenas 0s150 do topo da tabela. Ao final de três dias de treinos, 32 pilotos estavam separados por menos de um segundo.

“A temporada começa sem nenhum favorito e trabalhar duro será a palavra de ordem. Os primeiros testes de pré-temporada mostraram muito equilíbrio, e reforçaram a importância do foco nos detalhes”, comentou Pedro Nunes, que será companheiro de equipe de James Calado and Valtteri Bottas.

Em 2010, a GP3 disputou etapas nos circuitos de Barcelona (ESP), Istambul (TUR), Valencia (ESP), Silverstone (ING), Hockenheim (ALE), Hungaroring (HUN), Spa-Francorchamps (BEL), Monza (ITA).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *