GP3 Series: Aaro Vainio e Robert Visoiu vencem na Hungria

O finlandês Aaro Vainio (Koiranen) e o romeno Robert Visoiu (MW Arden) foram os vencedores da quinta etapa da temporada, disputada no circuito de Hungaroring, na Hungria.

Prova 1:

No sábado (27/07), Vainio venceu a primeira prova. Foi a sua terceira vitória na categoria. O norte-americano Conor Daly (ART) e o russo Daniil Kvyat (MW Arden) completaram o pódio.

Pole-position, Vainio manteve a ponta na largada, seguido por Daly e Kvyat. O finlandês abriu uma confortável vantagem sobre Daly, até que na 12ª volta, o Safety-Car foi acionado, após um múltiplo acidente.

O angolano Luis Sa Silva (Carlin) e a venezuelana Samin Gomez (Jenzer Motorosport) se enroscaram, com Emanuele Zonzini (Trident), sem ter para onde ir, acertando a traseira de Silva. O piloto de San Marino decolou, saindo ileso do carro.

Com duas voltas para o final, a prova recomeçou. Daly tentou passar Vainio, chegando a dar um leve toque na traseira do rival, que manteve a ponta até o final. Vainio é o único piloto no não a ter duas vitórias.

O britânico Jack Harvey (ART) terminou em quarto, seguido pelo espanhol Carlos Sainz (MW Arden) e o argentino Facu Regalia (ART). O estoniano Kevin Korjus (Koiranen), Visoiu, o italiano Giovanni Venturini (Trident) e o suíço Alex Fontana (Jenzer) fecharam a zona de pontos. Com o grid invertido, dos oito primeiros, Visoiu garantiu a pole para a segunda prova.

Líder do campeonato, o cipriota Tio Ellinas (Manor), fez uma prova difícil, chegando a sair da pista. Terminou em 11º.

Final, prova 1:

1 – Aaro Vainio – Koiranen – 17 voltas em 29’17”213
2 – Conor Daly – ART – 0″691
3 – Daniil Kvyat – MW Arden – 4″853
4 – Jack Harvey – ART – 7”061
5 – Carlos Sainz – MW Arden – 7″282
6 – Facu Regalia – ART – 7″507
7 – Kevin Korjus – Koiranen – 8″588
8 – Robert Visoiu – MW Arden – 9″307
9 – Giovanni Venturini – Trident – 11″550
10 – Alex Fontana – Jenzer – 12″736
11 – Tio Ellinas – Manor – 13″175
12 – Dino Zamparelli – Manor – 14”139
13 – Jimmy Eriksson – Status – 16″751
14 – Patrick Kujala – Koiranen – 18″645
15 – Nick Yelloly – Carlin – 18″793
16 – David Fumanelli – Trident – 19″245
17 – Melville McKee – Bamboo – 21″309
18 – Eric Lichtenstein – Carlin – 21″428
19 – Samin Gomez – Jenzer – 21″725
20 – Adderly Fong – Status – 22″012
21 – Josh Webster – Status – 22″372
22 – Carmen Jorda – Bamboo – 22″793
23 – Ryan Cullen – Manor – 23″417
24 – Lewis Williamson – Bamboo – 23″984
25 – Patrick Niederhuaser – Jenzer – 30″295 *
* Punido com 20 segundos

Volta mais rápida: Aaro Vainio 1’36”054

Abandonos:

Luis Sa Silva – Carlin – 12 voltas

Emanuele Zonzini – Trident – 12 voltas

Prova 2:

Visoiu venceu a segunda prova, no domingo (28/07). Sainz fechou a dobradinha da MW Arden. Korjus foi o terceiro.

Pole, Visoiu manteve a ponta na largada, com Sainz e Korjus fazendo uma bela disputa pela segunda posição na primeira volta.

Rapidamente Visoiu abriu vantagem sobre os rivais. Faltando quatro voltas para o final, os parceiros na Bamboo Engineering, os britânicos Melville McKee e Lewis Williamson, se tocaram, com o Safety-Car sendo acionado.

A bandeira verde foi agitada para mais duas voltas. Visoiu manteve o controle, vencendo com quatro segundos de vantagem para Sainz. Korjus foi o terceiro.

Regalia terminou em quarto, seguido por Harvey e Venturini. Kvyat, Daly fecharam a zona de pontos da segunda prova.  Ellinas foi o 10º, e saiu zerado da Hungria.

Ellinas lidera com 91 pontos, apenas um a mais do que Regalia. Vainio, Korjus e Hrvey, estão empatado em terceiro, com 75 pontos.

A próxima etapa, em Spa-Francorchamps, na Bélgica, acontece entre os dias 23 e 25 de agosto.

Final, prova 2:

1 – Robert Visoiu – MW Arden – 17 voltas em 28’59”150
2 – Carlos Sainz – MW Arden – 4″168
3 – Kevin Korjus – Koiranen – 4″848
4 – Facu Regalia – ART – 5″277
5 – Jack Harvey – ART – 5”726
6 – Giovanni Venturini – Trident – 6″177
7 – Daniil Kvyat – MW Arden – 6″936
8 – Conor Daly – ART – 7″424
9 – Aaro Vainio – Koiranen – 7”847
10 – Tio Ellinas – Manor – 8″718
11 – Patrick Kujala – Koiranen – 11″603
12 – Jimmy Eriksson – Status – 14″318
13 – Nick Yelloly – Carlin – 15″622
14 – Samin Gomez – Jenzer – 15″941
15 – Patrick Niederhuaser – Jenzer – 16″176
16 – Eric Lichtenstein – Carlin – 16″588
17 – Adderly Fong – Status – 17″686
18 – David Fumanelli – Trident – 17″898
19 – Alex Fontana – Jenzer – 18″761
20 – Dino Zamparelli – Manor – 21”377
21 – Carmen Jorda – Bamboo – 21″725
22 – Luis Sa Silva – Carlin – 22”655

Volta mais rápida: Facu Regalia 1’35”736

Abandonos:

Melville McKee – Bamboo – 12 voltas
Lewis Williamson – Bamboo – 12 voltas
Ryan Cullen – Manor – 2 voltas
Emanuele Zonzini – Trident – 2 voltas
Excluído:
Josh Webster – Status –  
   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *