GP3 Series: Antonio Felix Da Costa vence as duas provas na Hungria


TwitterFacebookWhatsAppGoogle+Pin It

O português Antonio Felix Da Costa (Carlin) venceu as duas provas disputadas em Hungaroring, na Hungria, válidas pela 6ª etapa da temporada.

Prova 1:

No sábado (28/070, Da costa venceu a primeira prova de ponta a ponta. O alemão Daniel Abt (Lotus) e o neozelandês Mitch Evans (MW Arden) completaram o pódio.

Segundo no grid, o português assumiu a ponta na largada, e depois de ficar lado a lado com Evans na primeira curva, não foi mais ameaçado no restante da prova, vencendo com 4s4 de frente. Abt e Evans fizeram um intenso duelo pelo segundo lugar, recebendo a bandeirada com apenas 0s337 de diferença.

O italiano Kevin Ceccon (Ocean) terminou em 4º. O pole-position, o finlandês Aaro Vainio (Lotus), seu parceiro de equipe, o norte-americano Conor Daly o finlandês Matias Laine e o italiano David Fumanelli, ambos da MW Arden, fecharam os oitos primeiros.

O brasileiro Fabiano Machado (Manor), ainda com dores devido ao forte acidente na Alemanha, desistiu de disputar a etapa, depois do treino classificatório.

Final, prova 1:

1 – Antonio Felix Da Costa – Carlin – 16 voltas em 26m33s107
2 – Daniel Abt – Lotus – 4″410
3 – Mitch Evans – MW Arden – 4″747
4 – Kevin Ceccon – Ocean – 8″674
5 – Aaro Vainio – Lotus – 9″681
6 – Conor Daly – Lotus – 10″604
7 – Matias Laine – MW Arden – 11″025
8 – David Fumanelli – MW Arden – 12″928
9 – Marlon Stockinger – Status – 13″338
10 – Lewis Williamson – Status – 14″257
11 – Giovanni Venturini – Trident – 17″448
12 – Robert Visoiu – Jenzer – 18″531
13 – Tio Ellinas – Manor – 20″984
14 – Tamas Pal Kiss – Atech CRS – 21″482
15 – Alex Brundle – Carlin – 23″338
16 – Patric Niederhauser – Jenzer – 24″770
17 – Alex Fontana – Jenzer – 28″400
18 – Facundo Regalia – Atech CRS – 32″508
19 – Alicia Powell – Status – 32″988
20 – Vicky Piria – Trident – 41″678
21 – Robert Cregan – Ocean – 44″872
22 – Ethan Ringel – Atech CRS – 48″844
23 – William Buller – Carlin – 1’30″812

Volta mais rápida: Da Costa 1’37″899

Abandonos:

Carmen Jorda – Ocean – 14 voltas
Dmitri Suranovich – Manor – 3 voltas
Fabiano Machado – Manor – Não largou

Prova 2:

Neste domingo (29/07), Da Costa venceu novamente. O suíço Patric Niederhauser (Jenzer) foi o 2º, seguido pelo inglês Alex Brundle (Carlin).

Com a pista molhada (devido a uma tempestade que caiu no começo da manhã), mas com sol na hora da largada, a maioria do grid alinhou com pneus de chuva. No fundo do grid, nove pilotos tinham pneus slicks.

Na largada Laine superou o pole Fumanelli, que na segunda curva rodou, e abandonou na barreira de proteção. Com o grid invertido dos oito primeiros na primeira prova, Da Costa alinhou em 8º. Na metade da prova, com Laine mantendo a ponta, o português era o 5º colocado, quando entrou nos pits, para colocar pneus slicks.

Mesmo sem chuva, os lideres continuaram com pneus de chuva, com Laine se defendendo de Daly, e chegando a empurrar o norte-americano para fora da pista. Faltando três voltas para o final Vainio passou Daly.
 
Nas voltas finais, os pilotos com pneus slicks, eram cerca de dez segundos mais rápido por volta, do que os que ainda permaneciam com os de chuva. Da Costa então passou sucessivamente Abt, Daly, Vainio e Laine, assumindo a ponta para vencer com 11 segundos de vantagem.

Niederhauser passou o húngaro Tamas Pal Kiss (Atech CRS) nas curvas finais, pelo segundo lugar. Após a prova Kiss foi punido com vinte segundos de acréscimo, por cruzar a linha na saída do pit, e caiu para 10º. Brundle herdou a vaga no pódio.

O cipriota Tio Ellinas (Manor) terminou em 4º, seguido pelo inglês Lewis Williamson (Status). Laine e Vanio, em 6º e 7º foram os melhores com pneus de chuva.

Líder do campeonato, Evans rodou na metade da prova, terminando em 21º. Ele soma 136 pontos, dezenove a mais do que Vainio.

A penúltima etapa da temporada acontece entre os dias 31 de agosto e 02 de setembro, em Spa-Francorchamps, na Bélgica.

Final, prova 2:

1 – Antonio Felix Da Costa – Carlin – 16 voltas em 30m36s220
2 – Patric Niederhauser – Jenzer – 11″929
3 – Alex Brundle – Carlin – 13″440
4 – Tio Ellinas – Manor – 18″987
5 – Lewis Williamson – Status – 19″505
6 – Matias Laine – MW Arden – 21″609
7 – Aaro Vainio – Lotus – 22″052
8 – Kevin Ceccon – Ocean – 25″392
9 – Conor Daly – Lotus – 29″260
10 – Tamas Pal Kiss – Atech CRS – 32″289
11 – Daniel Abt – Lotus – 37″146
12 – William Buller – Carlin – 37″150
13 – Marlon Stockinger – Status – 38″616
14 – Robert Cregan – Ocean – 39″674
15 – Alex Fontana – Jenzer – 48″584
16 – Dmitry Suranovich – Manor – 50″483
17 – Ethan Ringel – Atech CRS – 59″255
18 – Facundo Regalia – Atech CRS – 1’03″947
19 – Vicky Piria – Trident – 1’12″457
20 – Alicia Powell – Status – 1’22″641
21 – Mitch Evans – MW Arden – 1’31″650
22 – Robert Visoiu – Jenzer – 1 volta

Volta mais rápida: Mitch Evans 1’40″097

Abandonos:
Carmen Jorda – Ocean – 13 voltas
Giovanni Venturini – Trident – 12 voltas
David Fumanelli – MW Arden – 0 volta
Fabiano Machado – Manor – Não largou

Campeonato:

1.Evans 138; 2.Vainio 119; 3.Da Costa 102; 4.Abt 94; 5.Niederhauser 87; 6.Daly 81; 7.Laine 70; 8.Ellinas 58; 9.Ceccon 56; 10.Stockinger 41.

Compartilhar
TwitterFacebookWhatsAppGoogle+Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *