GP3 Series: Mitch Evans é o Campeão de 2012


TwitterFacebookWhatsAppGoogle+Pin It

O neozelandês Mitch Evans (MW Arden) sagrou-se Campeão da temporada de 2012 de GP3 Series. Mesmo não tendo somado nenhum ponto nas duas proas finais do campeonato, disputadas em Monza, na Itália. Evans somou 151,5 pontos, dois a mais do que o alemão Daniel Abt (Lotus).


Prova 1:

No sábado (08/09), Abt venceu a segunda prova, seguido pelo cipriota Tio Ellinas (Manor) e o finlandês Matias Laine (MW Arden).

Sétimo no grid, Abt fez uma sequencia de ultrapassagens na primeira volta, assumindo a ponta na 5ª volta, ao superar o português Antonio Felix Da Costa (Carlin).  Pouco depois Da Costa errou na curva Parabólica, perdendo a posição para o finlandês Aaro Vainio (Lotus). O português retomou a posição na reta de largada/chegada. Contudo o carro de Da Costa teve problemas na relação de marchas, com o piloto tendo que tirar o carro da pista. Ele religou o carro, contudo caiu para 19º, perdendo qualquer chance de ser campeão.

Ellinas assumiu a 3ª posição.Na 14ª volta, o cipriota passou Vainio, e foi para cima de Abt nas duas voltas finais. O alemão da Lotus venceu com 0s3 de vantagem. Vainio terminou em 3º, mas foi punido com 20 segundos por não respeitar bandeiras amarelas. Caiu para 11º, e viu suas chances de ser campeão acabarem.

Laine herdou o 3º lugar.  O norte-americano Conor Daly (Lotus) terminou em 4º, seguido pelo suiço Patric Niederhauser (Jenzer) e o italiano David Fumanelli  (MW Arden). O filipino Marlon Stockinger (Status) e o italiano Giovanni Venturini (Trident), que ficou com a pole para a prova de domingo com o grid dos oito primeiros invertido, completaram os oito primeiros.

Pole-position, Evans abandonou logo na volta inicial, com o carro danificado, após escapar da pista. O brasileiro Fabiano Machado (Manor) também não completou a primeira volta.

Evans foi para a prova final com 151,5 pontos, quatorze a mais do que Abt.

Final, prova 1:

1 – Daniel Abt – Lotus – 16 voltas em 28’17″548
2 – Tio Ellinas – Manor – 0″349
3 – Matias Laine – MW Arden – 1″881
4 – Conor Daly – Lotus – 14″108
5 – Patric Niederhauser – Jenzer – 14″602
6 – David Fumanelli – MW Arden – 16″401
7 – Marlon Stockinger – Status – 16″750
8 – Giovanni Venturini – Trident – 16″836
9 – Tamas Pal Kiss – Atech CRS – 17″712
10 – William Buller – Carlin – 18″242
11 – Aaro Vainio – Lotus – 20″593 **
12 – Alicia Powell – Status – 26″101
13 – Kevin Ceccon – Ocean – 28″448
14 – Robert Visoiu – Jenzer – 28″795
15 – Antonio Felix Da Costa – Carlin – 29″375
16 – Vicky Piria – Trident – 34″411
17 – John Wartique – Atech CRS – 46″207
18 – Ethan Ringel – Atech CRS – 51″238
19 – Lewis Williamson – Status – 1’00″707
20 – Robert Cregan – Ocean – 1’01″569
21 – Carmen Jorda – Ocean – 1’30″934

Volta mais rápida: Tio Ellinas 1’44″545

Abandonos:

Mitch Evans – MW Arden – 1 volta
Fabiano Machado – Manor – 1 volta
Alex Brundle – Carlin – 10 voltas
Dmitry Suranovich – Manor – 14 voltas

** Punido em 20 segundos por não respeitar bandeira amarela

Prova 2:

Ellinas venceu neste domingo (09/09), aprova de encerramento da temporada. Abt e Venturini completaram o pódio.
 
Abt assumiu a ponta na 5ª volta, e caminhava para garantir o título, após Evans ter um pneu furado, e cair para as últimas posições. Contudo na penúltima volta, Ellinas ultrapassou o alemão, para vencer com um segundo de vantagem. Mesmo com Evans terminando em 20º lugar, a ultrapassagem de Ellinas garantiu o título para o neozelandês de 18 anos, por dois pontos.

Stockinger terminou em 4º, seguido por Felix da Costa e Laine. O romeno Robert Visoiu (Jenzer) e a inglesa Alice Powell  (Status), que marcou o seu primeiro ponto no ano, completaram os oito primeiros. Machado foi o 16º.

Final, prova 2:

1 – Tio Ellinas – Manor – 16 voltas em 28’18″541
2 – Daniel Abt – Lotus – 1″003
3 – Giovanni Venturini – Trident – 1″408
4 – Marlon Stockinger – Status – 1″715
5 – Antonio Felix Da Costa – Carlin – 7″377
6 – Matias Laine – MW Arden – 8″488
7 – Robert Visoiu – Jenzer – 8″968
8 – Alicia Powell – Status – 14″383
9 – Kevin Ceccon – Ocean – 14″416
10 – Alex Brundle – Carlin – 15″535
11 – Conor Daly – Lotus – 16″124
12 – William Buller – Carlin – 18″964
13 – David Fumanelli – MW Arden – 24″392
14 – Aaro Vainio – Lotus – 27″489 **
15 – Tamas Pal Kiss – Atech CRS – 30″682 **
16 – Fabiano Machado – Manor – 36″048
17 – Robert Cregan – Ocean – 36″116
18 – John Wartique – Atech CRS – 38″365
19 – Carmen Jorda – Ocean – 1’08″753
20 – Mitch Evans – MW Arden – 1’29″894

** Punido em 20 segundos por não respeitar bandeira amarela

Volta mais rápida: Mitch Evans 1’44″321

Abandonos:

Lewis Williamson – Status – 0 volta
Ethan Ringel – Atech CRS – 0 volta
Vicky Piria – Trident – 2 voltas
Patric Niederhauser – Jenzer – 7 voltas
Dmitry Suranovich – Manor – NL

Campeonato, final:

1.Evans 151,5; 2.Abt 149,5; 3.Da Costa 132; 4.Vainio 123; 5.Laine 111; 6.Daly 106; 7.Niederhauser 101; 8.Ellinas 99; 9.Ceccon 56; 10.Stockinger 55; 11.Fumanelli 47; 12.Pal Kiss 38; 13.Venturini 31; 14.Visoiu 24; 15.Buller 20; 16.Brundle 19; 17.Williamson 11; 18.Fontana 8,5; 19.Powell, Gamberini 1.

Compartilhar
TwitterFacebookWhatsAppGoogle+Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *