GP3 Series: Pedro Nunes faz o quinto melhor tempo na Espanha

Os treinos livres para a segunda etapa da GP3 Series, realizados nesta sexta-feira no circuito de Barcelona, na Espanha, terminaram com bons resultados para o brasileiro Pedro Nunes (OGX/Grupo CGE). Depois de se destacar nos testes coletivos da categoria realizados há cerca de um mês no circuito espanhol, Pedro confirmou as expectativas e foi o quinto mais rápido no segundo treino do dia. No ensaio matinal ele já havia ficado entre os TOP-10, o que confirma o bom acerto-base da equipe Lotus-ART para a pista sede da segunda rodada do calendário.

“Esperávamos um desempenho competitivo de nosso carro em Barcelona em razão dos bons testes que fizemos aqui na pré-temporada, e trabalhamos bastante nesta sexta-feira para confirmar nosso potencial”, disse o brasileiro. “Começar entre os mais rápidos é sempre positivo, mas ainda há muito o que trabalhar e a motivação é grande. Teremos um treino de classificação decisivo neste sábado, e repetir o bom desempenho de hoje na sessão que define o grid é fundamental para minhas pretensões para estas corridas na Espanha”, comentou.

Pedro Nunes disse, ainda, que os treinos de hoje funcionaram sem percalços para ele, o que é decisivo para a conquista de bons tempos em uma categoria com 30 carros no grid e altamente competitiva como a GP3. “Hoje deu tudo certo para os três carros de nossa equipe, tanto que no treino da tarde ficamos com a quarta, a quinta e a sexta posições, separados por 35 milésimos. Consegui aproveitar bem os meus pneus, e vamos procurar caprichar na estratégia para a classificação. Um bom resultado no grid na manhã deste sábado é meio caminho para a conquista de resultados positivos nas corridas de sábado e de domingo”, encerrou o brasileiro.

A programação da etapa de Barcelona prevê a disputa do treino classificatório e de uma corrida neste sábado. A bateria final está marcada para o domingo, como preliminar do GP da Espanha de Fórmula 1. Veja como terminaram os dois treinos desta sexta-feira em Barcelona:

Treino da tarde
1 – Nico Muller – Jenzer – 1’39″791 – 13 voltas
2 – Rio Haryanto – Manor – 1’39″873 – 14
3 – Andrea Caldarelli – Tech 1 – 1’39″884 – 13
4 – James Calado – Lotus ART – 1’40″037 – 13
5 – Pedro Nunes – Lotus ART – 1’40″040 – 13
6 – Valtteri Bottas – Lotus ART – 1’40″072 – 12
7 – Adrian Quaife-Hobbs – Manor – 1’40″117 – 5
8 – Tamas Pal Kiss – Tech 1 – 1’40″219 – 14
9 – Alexander Sims – Status GP – 1’40″303 – 15
10 – Mitch Evans – Arden – 1’40″312 – 15
11 – Gabby Chaves – Addax – 1’40″314 – 8
12 – Aaro Vainio – Tech 1 – 1’40″349 – 14
13 – Matias Laine – Manor – 1’40″372 – 12
14 – Michael Christensen – Mucke – 1’40″399 – 12.
15 – Vittorio Ghirelli – Jenzer – 1’40″426 – 13
16 – Nigel Melker – Mucke – 1’40″449 – 13
17 – Daniel Morad – Carlin – 1’40″576 – 15
18 – Nick Yelloly – Atech – 1’40″595 – 14
19 – Marlon Stockinger – Atech – 1’40″624 – 14
20 – Leonardo Cordeiro – Carlin – 1’40″705 – 13
21 – Lewis Williamson – Arden – 1’40″773 – 14.
22 – Simon Trummer – Arden – 1’40″789 – 14
23 – Antonio Felix Da Costa – Status GP – 1’40″809 – 16
24 – Dominic Storey – Addax – 1’40″912 – 12
25 – Conor Daly – Carlin – 1’41″079 – 16
26 – Zoel Amberg – Atech – 1’41″280 – 15
27 – Ivan Lukashevich – Status GP – 1’41″416 – 15
28 – Luciano Bacheta – Mucke – 1’41″929 – 7.
29 – Maxim Zimin – Jenzer – 1’42″021 – 13
30 – Dean Smith – Addax – sem tempo

Treino da manhã
1 – Valtteri Bottas – Lotus ART – 1’38″726 – 12 voltas
2 – Mitch Evans – Arden – 1’38″834 – 14
3 – James Calado – Lotus ART – 1’38″864 – 10
4 – Rio Haryanto – Manor – 1’39″128 – 16
5 – Lewis Williamson – Arden – 1’39″169 – 12
6 – Dean Smith – Addax – 1’39″202 – 15
7 – Andrea Caldarelli – Tech 1 – 1’39″271 – 15.
8 – Nigel Melker – Mucke – 1’39″305 – 15
9 – Aaro Vainio – Tech 1 – 1’39″310 – 15
10 – Pedro Nunes – Lotus ART – 1’39″444 – 12
11 – Adrian Quaife-Hobbs – Manor – 1’39″447 – 16
12 – Matias Laine – Manor – 1’39″522 – 16
13 – Michael Christensen – Mucke – 1’39″569 – 15
14 – Tamas Pal Kiss – Tech 1 – 1’39″719 – 16.
15 – Marlon Stockinger – Atech – 1’39″788 – 15
16 – Vittorio Ghirelli – Jenzer – 1’39″924 – 16
17 – Nick Yelloly – Atech – 1’39″950 – 13
18 – Alexander Sims – Status GP – 1’39″956 – 15
19 – Gabby Chaves – Addax – 1’40″010 – 15
20 – Nico Muller – Jenzer – 1’40″185 – 16
21 – Zoel Amberg – Atech – 1’40″240 – 16.
22 – Daniel Morad – Carlin – 1’40″241 – 15
23 – Leonardo Cordeiro – Carlin – 1’40″325 – 16
24 – Simon Trummer – MW Arden – 1’40″359 – 14
25 – Conor Daly – Carlin – 1’40″410 – 17
26 – Luciano Bacheta – RSC Mucke – 1’40″538 – 16
27 – Dominic Storey – Addax – 1’40″623 – 16
28 – Ivan Lukashevich – Status – 1’45″791 – 6.
29 – Maxim Zimin – Jenzer – 1’50″154 – 2
30 – Antonio Felix Da Costa – Status – no time – 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *