Grand-Am: Após titulo da Indy Lights, Rafa Matos corre em Salt Lake City

Ainda comemorando o seu principal titulo, brasileiro volta às pistas nos EUA.

Raphael Matos não esconde a satisfação e o sorriso no rosto ao ser chamado de campeão da Indy Lights 2008, categoria de acesso à Fórmula Indy. O brasileiro conquistou o título no último domingo quando chegou na 3a colocação no GP de Chicago, última etapa do ano, que também teve a compatriota Bia Figueiredo no pódio, na 2a colocação.


Com o troféu nas mãos, Matos inicia algumas negociações para atingir o seu objetivo de chegar à Fórmula Indy em 2009. “Com certeza, o campeonato ajudou e muito para conversar sobre 2009. Ainda não temos nada definido, mas estou otimista”, revelou o mineiro, nascido em Belo Horizonte. “É um grande orgulho conquistar o primeiro título da Indy Lights para a Andretti Green. Pude provar para mim mesmo que sou rápido, constante e estou pronto para ser um piloto de Fórmula Indy. Vamos ver o que acontece, ainda é cedo para falar qualquer coisa sobre 2009. Mas, assim como eu, acredito que todos da AGR também estão entusiasmado com o título”, comentou o vencedor de três corridas nesse ano.


Se o brasileiro, que foi campeão em todas as categorias em que passou pelo automobilismo norte-americano, sendo elas Skip Barber, Fórmula Dodge, Fórmula Mazda, Fórmula Atlantic e Indy Lights, ainda não decidiu sobre o ano que vem, é certo o seu retorno às pistas ainda neste mês. Isso porque Rafa Matos foi convidado para integrar a equipe de Michael Shank na última corrida da Grand-Am. A prova será no autódromo na cidade de Salt Lake City, em Utah, no dia 20 de setembro. Matos dividirá a condução do protótipo Ford/Riley número 6 com os pilotos John Pew e Ian James. No outro carro da equipe, corre o também brasileiro Oswaldo Negri Jr.


“Eu tenho um ótimo relacionamento com o Mike Shank e o Negri”, contou o mineiro. “Estou muito honrado por corrermos juntos no encerramento da temporada da Grand-Am. Eu nunca andei em Salt Lake, mas darei o máximo para conquistarmos um bom resultado”, comentou Rafa Matos, que tem experiência com carros de turismo, principalmente, após a vitória nas 24h de Daytona desse ano na classe GT, principal etapa da Grand-Am.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *