Grand-AM: Negri ansioso pela prova em Laguna Seca, onde é recordista

Com a extensão de 3.608 metros (2.2 milhas) e um traçado com subidas, descidas, curvas rápidas, lentas, além da desafiadora e bela Corkscrew ( Saca-rolhas), a Rolex Sport Car Series desembarca este final de semana no difícil circuito do Mazda Raceway Laguna Seca. A Grand Am, como é conhecida a categoria, chega à sua 5ª etapa (U S Sport Car Invitational) , e existe um piloto em particular que está esperando ansiosamente a “visita” da Grand Am à p enínsula de Monterey, o brasileiro Oswaldo Negri Jr.

O brasileiro, que defende a Michael Shank Racing (MSR) formando dupla com o sul-africano Mark Patterson, e o atual recordista do circuito, tendo registrado em 2005 a pole com o tempo de 1m24s357. O feito foi ainda mais notável, quando se recorda que aquela foi a corrida de reestréia de Negri na MSR, e tanto ele quanto Patterson, utilizaram um carro alugado.

“Aquele sem dúvidas foi um grande momento para mim. Estava parado a seis meses, mas na hora da classificação foi como se não tivesse estado inativo e consegui a pole”, recordou Negri. “Vinha de uma boa temporada com a MSR em 2004, mas ainda assim fiquei sem vaga no início da temporada, e o Patterson acreditou que eu seria o parceiro ideal para ele”, disse ainda.

Negri e Patterson desde então se firmaram com uma das duplas mais fortes do torneio, mesmo o sul-africando sendo um gentleman driver, e não um especialista, como ocorre com outras duplas. O brasileiro foi eleito o Rising Star da categoria em 2004, e Patterson ganhou o Prêmio Trueman no último ano. O ponto alto da dupla foi a histórica vitória na Miller Sunchaser  9 Hours, evento que fechou a temporada de 2006.

“Claro que eu amo este circuito”, declarou Negri . “A pista lembra alguns circuitos da Europa, com seções muito técnicas e outras muito rápidas. Agora não existe nada no mundo como a Croksrew”, falou o brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *