GT Brasil: Cleber Faria e Valter Rossete conquistam os títulos da classe Master

Campeonato paralelo leva em conta apenas os resultados dos pilotos categorizados como Bronze

Cleber Faria havia largado na pole position e era o líder da corrida quando foi atingido por Aluízio Coelho, parceiro de pilotagem de Juliano Moro. O toque tirou os dois da disputa pela vitória na última corrida da temporada do Itaipava GT Brasil. Mas, pelo menos, não tirou de Cleber Faria o título de campeão da classe Master da GT3. Ele já havia assegurado a conquista na véspera, por antecipação.

A classe Master é destinada apenas aos pilotos categorizados como Bronze (os inscritos no Itaipava GT Brasil são divididos em três níveis de acordo com o currículo) e a briga pelo primeiro lugar na GT3 envolveu, além de Cleber Faria, nomes como Marcelo Hahn, Bruno Garfinkel e Chico Longo. Cleber Faria alcançou a conquista com uma campanha irrepreensível: pontuou em 19 das 20 corridas disputadas. Foi o único a alcançar este feito.

Pela categoria GT4, o título da Master ficou com Valter Rossete. Mas foi uma decisão das mais apertadas: ele começou a última corrida empatado em pontos com Otávio Mesquita e podendo ser superado também por Sérgio Laganá. Valter Rossete garantiu o campeonato com uma vitória na prova decisiva, imediatamente à frente de Sérgio Laganá. Otávio Mesquita bateu ainda no início e ficou de fora.

OS SEIS PRIMEIROS NA CATEGORIA MASTER

GT3
1 Cleber Faria, 265 pontos
2 Marcelo Hahn, 233
3 Bruno Garfinkel, 222
4 Chico Longo, 218
5 Vanuê Faria, 211
6 Henrique Assunção, 175

GT4
1 Valter Rossete, 267 pontos
2 Sérgio Laganá, 257
3 Otávio Mesquita, 247
4 Marçal Melo, 209
5 Marcello Sant’Anna/Christian Pons, 196
6 Valter Pinheiro, 190

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *