GT Brasil: Mãe de piloto brasileiro é encontrada enforcada no RS

Tânia Mara Barreto, de 62 anos, mãe do piloto Cláudio Ricci, foi encontrada morta no interior do seu veículo, em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul. Tânia, de acordo com a polícia gaúcha, estava com ferimentos de estrangulamento, com um cintou de couro no pescoço e enrolada em uma cortina de plástico. A senhora chegou a ser socorrida pela equipe do SAMU, porém chegou sem vida ao Hospital da cidade.

Os policiais foram até a residência da vítima, nas proximidades, e encontraram a casa aberta com vestígios de sangue e sinais de arrombamento. A Brigada Militar localizou quatro suspeitos do crime. Um homem, de 20 anos, outro homem [29 anos], e uma adolescente de 15 anos e mais um indivíduo de 21 anos. Todos foram detidos.

As quatro pessoas serão indiciados e recolhidos ao Presídio Regional de Passo Fundo. A adolescente, por sua vez, deve ser transferida para Porto Alegre e internada numa unidade para menores infratores.

Ricci, de 42 anos, tem mais de vinte anos dedicados ao automobilismo com destaque – mais recentemente – para as categorias de Gran Turismo. O gaúcho foi campeão no kart, na PickUp Racing, em provas de endurance. No últimos anos, Claudio Ricci competiu na GT3 Brasil com a equipe CRT competições. Ele também teve participações na Stock Car.

Fonte: Amigos da Velocidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *