GT Brasil: Na GT4, Líderes abandonam e corrida termina com vitória de Marçal Melo e William Freire

Primeiro lugar foi conquistado no limite, sob pressão de Antonio Jorge Neto e Alexandre Zaninotto

O campeonato da GT4 poderia ter sido decidido neste domingo (13), no Velopark, caso os líderes Cristiano Federico e Caio Lara chegassem à frente de Valter Rossete e Fábio Greco. Mas as duas duplas se enroscaram durante a prova e abandonaram ainda no início, deixando a decisão para a última etapa, no mês que vem, no autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP). Na prova deste domingo (13), a vitória ficou com a dupla Marçal Melo e William Freire, de Ginetta G50.

Eles cruzaram a linha de chegada pressionados pela dupla que ocupava o segundo lugar, Antonio Jorge Neto e Alexandre Zaninotto, de Ferrari Challenge. Marcello Sant’Anna e Christian Pons, que saíram na pole position, chegaram em terceiro lugar, também de Ferrari Challenge. De volta ao lugar mais alto do pódio, William Freire explicou a dificuldade enfrentada por sua equipe neste fim de semana. “Nos primeiros treinos, éramos os mais rápidos. Depois, tivemos alguns problemas”.

“Fomos para a tomada de tempo sem o melhor desempenho, mas trabalhamos e achamos o que estava nos prejudicando. Durante a prova, entregamos tudo que podíamos e conseguimos conquistar mais uma vitória”, comenta William Freire. Após a vitória deste domingo, Marçal Melo, dupla de William Freire, comemorou o fim da má fase. “Com todos os problemas que tivemos durante o ano, esta vitória foi para lavar a alma e voltar a ter um bom momento”.

Novidade da categoria no fim de semana, Antonio Jorge Neto já conseguiu chegar entre os três primeiros. “A corrida foi boa. Tivemos um pouco de azar com a entrada do safety car, já que estávamos muito à frente dos outros. Durante minha parte da corrida tive um problema com o extrator de ar, que estava prejudicando o desempenho do carro, mas ai finalmente ele caiu e consegui voltar ao ritmo de antes. Ficou um gostinho de que podíamos mais, mas foi positivo”.

Marcando sua estreia na Itaipava GT4 com um pódio, Alexandre Zaninotto, agradeceu ao parceiro de pilotagem pela ajuda durante o fim de semana. “Foi minha estreia na categoria depois de algumas oportunidades que não deram certo. Finalmente pude conhecer o Neto, conseguimos nos dar bem juntos, ele me ajudou bastante – já que eu nunca havia andado antes em um GT4 – e só tenho que agradecer a ele e a equipe pelo apoio”, encerra o piloto.

Pole na corrida deste domingo, Christian Pons, de Ferrari Challenge, explicou como foi a corrida que resultou em mais um pódio, o sétimo no campeonato. “A prova teve um início complicado, perdi a primeira posição para o André Posses, mas mantive o ritmo e conseguimos fazer uma boa prova. Foi nossa quinta pole no ano, mas ainda estamos devendo um pouco nas corridas. Talvez com uma mudança na equalização a gente possa brigar mais de igual para igual com os outros”, fala Pons.

Marcello Sant’Anna reforçou a opinião dele em relação ao equilíbrio de desempenho. “Eu acho que estamos aqui entre os três primeiros porque o nosso carro, o Ferrari Challenge, é o mais resistente de todos. Não somos os mais rápidos, não temos o melhor desempenho, mas ao contrário dos demais nosso carro vai sempre até o final”, destaca Marcello Sant’Anna. Depois dos bons resultados recentes, a dupla busca a primeira vitória na Itaipava GT4.

O RESULTADO FINAL NO VELOPARK

Itaipava GT4
1º) 82 – M.Melo/W.Freire (GI , SP/SP)
2º) 23 – Jorge Neto/A.Zaninotto (FC , SP/SP)
3º) 17 – M.Sant’Anna/C.Pons (FC , SP)
4º) 4 – F.Roso/P.Ventura (MA , RS/RS)
5º) 51 – Otavio Mesquita (FC , SP)

CLASSIFICAÇÃO DA ITAIPAVA GT4 (APÓS 18 DE 20 CORRIDAS)

1º- Caio Lara/Cristiano Federico (Aston Martin Vantage), 264 pontos
2º- Valter Rossete/Fábio Greco (Maserati Gran Turismo), 226
3º- Sergio Laganá/Alan Hellmeister (Aston Martin Vantage), 212
4º- Otávio Mesquita (Ferrari Challenge), 203
5º- Marçal Melo/William Freire (Ginetta G50), 165
6º- Marcello Sant’Anna/Christian Pons (Ferrari Challenge), 145
7º- Valter Pinheiro (Ginetta G50), 136
8º- Leonardo Burti (Ginetta G50), 127
9º- Caê Coelho/João Gonçalves (Ginetta G50), 103
10º- Carlos Burza (Ginetta G50), 57
11º- André Posses (Porsche), 55
12º- Marcelo Losasso (Aston Martin Vantage), 54
13º- Oswaldo Federico (Aston Martin Vantage), 44
14º- Eduardo S. Ramos/Leandro Almeida (Aston Martin Vantage), 29
15º- Felipe Roso (Maserati Trofeo), 23
16º- Pierre Ventura (Maserati Trofeo), 20
17º- João Marcelo/Leonardo Medrado (Maserati Trofeo), 12
18º- João Paulo Mauro/Eduardo Furlanetto (Maserati Trofeo), 11
19º- Rodrigo Navarro (Aston Martin), 10
20º- Valter Patrocínio/Demétrio Mendes (Maserati Trofeo), 8
21º- Fúlvio Marote/Fernando Fortes (Maserati Trofeo), 7
21º- Rodrigo Hanashiro (Ginetta G50), 7
23º- Vinicius Roso (Maserati Trofeo), 3
24º- Samuel Neto/Antonio De Luca (Maserati Trofeo), 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *