GT Brasil: Otávio Mesquita vence pela primeira vez na Itaipava GT4

Prova foi realizada neste sábado (25) em Santa Cruz do Sul

O piloto Otávio Mesquita, que disputa a temporada da categoria Itaipava GT4 com um Ferrari Challenge, conquistou neste sábado (25), sua primeira vitória com uma ultrapassagem no final da prova sobre Cristiano Federico e Caio Lara. Em terceiro, fechando o domínio do modelo italiano, ficaram os poles Alan Hellmeister e Sérgio Laganá. Na segunda prova, neste domingo (26), Mesquita largará em primeiro, Federico e Lara em segundo e Marçal Melo e William Freire em terceiro.

Visivelmente emocionado, Otávio Mesquita comemorou muito o resultado. “As pessoas me conhecem como alguém de bem com a vida, bem humorado, mas não sou humorista aqui. Sou um cara de 52 anos de idade e que nunca brigou com ninguém. Sempre que entro no carro faço uma oração para que todos fiquem bem. Segunda-feira passada (20), fiz aniversário e pedi um pódio como presente e felizmente conquistei isso. Hoje eu descobri como é a sensação de vencer”, falou Otávio Mesquita.

O piloto já havia vencido, mas nunca no Itaipava GT Brasil. “A briga pela primeira posição foi muito limpa, não houve toque, não houve nada. Cheguei junto do Cristiano, esperei por uma oportunidade e consegui passar. Dedico esta vitória para minha família, meus amigos e todos do campeonato. Estou muito emocionado com tudo isso e contente. Quando estava na frente comecei a chorar e tentei me concentrar para não errar”, acrescentou o piloto da Itaipava Racing Team.

Apesar de terminar em segundo lugar, Cristiano Federico julgou o resultado muito bom para o campeonato, já que assumiu a liderança da Itaipava GT4. “Quando acabou a corrida, cumprimentei o Otávio pela vitória e por uma disputa limpa. Quando ele me passou na pista, eu tive a chance de tentar uma defesa forçada e não quis, já que não acho que esse seja o espírito do campeonato. Conseguimos nosso objetivo que era somar vários pontos pensando sempre na disputa pelo título”.

A dupla está dois pontos à frente dos vice-líderes, Sergio Lagana e Alan Hellmeister, que chegaram em terceiro em Santa Cruz do Sul. “O resultado foi excelente. Eu sempre falo sobre os erros do ano passado e fico feliz de mais uma vez mostrarmos consistência. Falei para o Sérgio não tentar repetir o ritmo dos outros e focar no dele e estamos melhorando, isso que importa. Foi um ótimo resultado, muitos gostariam de estar no nosso lugar e estamos na disputa do campeonato”, disse Alan Hellmeister.

O RESULTADO FINAL EM SANTA CRUZ DO SUL

1º) 51 – Otavio Mesquita (FC , SP)
2º) 72 – C.Federico/C.Lara (FC , SP/SP)
3º) 57 – S.Laganá/A.Hellmeister (FC , SP/SP)
4º) 6 – Valter Pinheiro (GI , SP)
5º) 82 – M.Melo/W.Freire (GI , SP/SP)
6º) 55 – J.Gonçalves/C.Coelho (GI , SP/SP)
7º) 21 – V.Rossete/F.Greco (MA , SP)
8º) 73 – O.Federico/M.Lozasso (MA , SP/SP)
9º) 4 – F.Roso/V.Roso (MA , RS/RS)
10º) 81 – C.Burza/L.Burti (GI , SP/SP)
11º) 17 – M.Santanna/C.De Rey (FC , SP)

CLASSIFICAÇÃO DA ITAIPAVA GT4 (APÓS 7 DE 20 CORRIDAS)

1 Cristiano Federico/Caio Lara (Ferrari Challenge), 103 pontos
2 Sérgio Laganá/Alan Hellmeister (Ferrari Challenge), 101
3 Valter Rossete/Fábio Greco (Ferrari Challenge), 100
4 Marçal Melo/William Freire (Ginetta G50), 93
5 Otávio Mesquita (Ferrari Challenge), 72
6 João Gonçalves/Caê Coelho (Ginetta G50), 42
7 Marcello Sant’Anna/Christian De Rey (Ferrari Challenge), 33
7 Carlos Burza/Leonardo Burti (Ginetta G50), 33
9 Eduardo Ramos/Leandro Almeida (Aston Martin), 29
10 Oswaldo Federico/Marcelo Losasso (Maserati Trofeo), 26
11 Valter Pinheiro (Ginetta G50), 23
12 João Paulo Mauro/Eduardo Furlanetto (Maserati Trofeo), 22
13 Valter Patrocínio/Demétrio Mendes (Maserati Trofeo), 8
13 Fúlvio Marote/Fernando Fortes (Maserati Trofeo), 8
15 Felipe Roso/Vinicius Roso (Maserati Trofeo), 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *