GT Brasil: Wagner Ebrahim vence disputa histórica com Valdeno Brito em Pinhais

Primeiro e segundo colocados cruzaram a linha de chegada separados por apenas 0s151

A quinta etapa da temporada do Itaipava GT Brasil terminou com uma chegada histórica neste domingo (24) em Pinhais. O paranaense Wagner Ebrahim venceu com apenas 0s151 de vantagem sobre Valdeno Brito, que faz dupla com Matheus Stumpf. Os dois entraram lado a lado na última curva e cruzaram a linha de chegada muito próximos, pressionados também pelo terceiro colocado, Xandinho Negrão, que divide o carro com o pai, Xandy Negrão.

“Foi uma chegada brilhante, já que em nenhum momento eu e o Valdeno e nos tocamos de forma desleal. A partir da metade da corrida, meus pneus traseiros acabaram e tive muita dificuldade para conseguir pilotar até o final. Mas o carro estava bom, foi emocionante e todos estão de parabéns pelo resultado. É muito bom voltar a vencer em casa”, comemorou o paranaense Wagner Ebrahim, que já havia vencido em Pinhais em 2010.

“Eu sabia que seria difícil passar. Na verdade, aquela foi a minha única chance na corrida, na última curva. Tentei contornar mais rápido, mas estava na sujeira e, quando acelerei, como brincam com o meu sotaque, faltou ‘motô’”, brincou Valdeno Brito, explicando como o adversário levou vantagem na retomada de velocidade. “Mas eu sabia que seria difícil passar. Nas curvas, o nosso desempenho era parecido, mas de reta o Viper é imbatível”.

Valdeno Brito e Matheus Stumpf pilotam um Ford GT e Wagner Ebrahim guia um Dodge Viper Competition Coupe. No cronometro, os dois primeiros colocados chegaram separados por apenas 0s151. O terceiro colocado, Xandinho Negrão, assistiu tudo de perto: cruzou a linha 0s269 atrás do vencedor, Wagner Ebrahim. Juliano Moro e Paulo Bonifácio chegaram em quarto e Vanue Faria e Renan Guerra subiram ao pódio em quinto lugar.

O RESULTADO FINAL EM PINHAIS

Itaipava GT3

1º) 20 – Wagner Ebrahim (VI, PR), 34 voltas em 50:43.474 (média de 148,60 km/h)
2º) 7 – V.Brito/M.Stumpf (FO , PB/RS), a 0.151
3º) 9 – X.Negrão/X.Negrão (LA , SP/SP), a 0.269
4º) 5 – J.Moro/P.Bonifacio (FO , RS/SP), a 1.433
5º) 105 – V.Faria/R.Guerra (LA , SP/SP), a 1.912
6º) 30 – Cleber Faria (LA , SP), a 2.478
7º) 3 – R.Derani/C.Ricci (FE , SP/RS), a 3.300
8º) 16 – M.Hahn/A.Khodair (LA , SP/SP), a 3.777
9º) 13 – Pedro Queirolo (CO , SP), a 7.123
10º) 33 – B.Garfinkel/R.Mauricio (LA , SP/SP), a 7.439
11º) 77 – S.Jimenez/J.Adibe (FO , SP/SP), a 1 volta
12º) 18 – F.Poeta/C.Steyer (LA , RS/RS), a 2 voltas

CLASSIFICAÇÃO EXTRA-OFICIAL DA ITAIPAVA GT3 (APÓS 10 DE 20 ETAPAS)

1º- Matheus Stumpf/Valdeno Brito – Ford GT – 112 pontos
2º- Cláudio Ricci/Rafael Derani – Ferrari F458 – 111
3º- Cleber Faria – Lamborghini LP560 – 103
4º- Xandy Negrão/Xandinho Negrão – Lamborghini LP600 – 99
5º- Pedro Queirolo – Corvette Z06R – 95
6º- Allam Khodair/Marcelo Hahn – Lamborghini LP600 – 90
7º- Paulo Bonifácio – Ford GT – 75
8º- Chico Longo/Daniel Serra – Ferrari F458 – 59
9º- Wagner Ebrahim – Dodge Viper Competition Coupé – 54
10º- Renan Guerra/Vanuê Faria – Lamborghini LP560 – 53
11º- Cláudio Dahruj/Rodrigo Sperafico – Corvette Z06R – 44
12º- Bruno Garfinkel – Lamborghini LP560 – 42
13º- Enrique Bernoldi – Ford GT – 35
13º- Juliano Moro – Ford GT – 35
13º- Ricardo Maurício – Lamborghini LP560 – 35
16º- Fernando Croce – Dodge Viper Competition Coupé – 28
17º- Daniel Croce – Dodge Viper Competition Coupé – 21
18º- Henrique Assunção – Dodge Viper Competition Coupé – 19
19º- Ronaldo Kastropil – Dodge Viper Competition Coupé – 14
20º- Walter Derani – Lamborghini Gallardo LP560 – 11
21º- Antonio Pizzonia – Ferrari F430 – 7
21º- Ricardo Ricca/Rafael Daniel – Lamborghini Gallardo LP500 – 7
23º- Fernando G. Croce – Dodge Viper Competition Coupé – 6
24º- Fernando Poeta – Lamborghini Gallardo LP560 – 4
25º- Sérgio Jimenez/João Adibe – 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *