Mercedes-Benz Grand Challenge: Arrancada final garante vitória de Márcio Campos em Pinhais

Faltando duas voltas para o fim, piloto tomou a primeira posição de Rodney Felicio

O piloto Márcio Campos, que disputa o Mercedes-Benz Grand Challenge ao lado do pai, João Campos, conquistou a vitória deste domingo (24) na terceira etapa da temporada, disputada em Pinhais (PR). Largando em 18º, ele foi ganhando posições até ultrapassar o então líder, Rodney Felício, na penúltima volta. Neto De Nigris, pole e vencedor da prova da véspera, chegou em terceiro. O campeonato agora tem liderança dividida entre a dupla João Campos e Márcio Campos e o piloto Neto De Nigris.

Márcio Campos acredita que a vitória foi possível por aproveitar bem as chances que teve durante a prova. “Sem dúvida, seria difícil imaginar esse resultado após o abandono do meu pai na corrida de ontem, mas hoje a história foi diferente. Consegui largar bem e pulei de 18º para sexto na primeira volta em função de um acidente. Tive poucas oportunidades na corrida, mas felizmente consegui aproveitá-las muito bem”, disse Márcio Campos.

Rodney Felício, que liderou 17 das 18 voltas completadas, acabou em segundo, mas ficou razoavelmente satisfeito com o resultado. “Na verdade, as corridas são assim. Se não dá para chegar em primeiro, o segundo lugar está bom. Lógico que o Márcio foi muito bem e mereceu a vitória, mas tivemos uma disputa limpa, como sempre é quando estou nela, e ele foi mais feliz. O que interessa aqui é o campeonato, por isso, mesmo tendo perdido a vitória, estou feliz com o resultado”.

Agora, Rodney Felicio é o terceiro colocado na tabela de classificação. Neto De Nigris, vencedor da corrida de sábado (23) e novo líder da competição, parabenizou Márcio e Rodney. “Não é agradável largar em primeiro e chegar em terceiro, mas está ótimo. Os dois estavam muito rápidos e não consegui segurá-los. Mereceram o resultado. Estou feliz com o meu desempenho aqui e por estar na liderança do campeonato, mas falta muito ainda para poder comemorar”, concluiu Neto De Nigris.

O RESULTADO FINAL EM PINHAIS

1º) 31 – Marcio Campos ( , RS), 18 voltas em 30:18.029 (média de 131,70 km/h)
2º) 6 – Rodney Felicio ( , SP), a 0.982
3º) 11 – Neto De Nigris ( , SP), a 1.196
4º) 21 – Peter M.Gottschalk ( , SP), a 8.738
5º) 77 – Arnaldo Diniz Fº ( , SP), a 12.146
6º) 7 – Abramo Mazzochi ( , RS), a 22.020
7º) 44 – Cesar Marrucci ( , SP), a 22.191
8º) 111 – Zizi Paioli ( , SP), a 24.365
9º) 33 – Marcos Ramos ( , PR), a 24.695
10º) 60 – Carlos Fonseca ( , SP), a 42.702
11º) 24 – Michael Bamberg ( , SP), a 43.625
12º) 15 – Marcelo Rodriguez ( , SP), a 54.450
13º) 13 – Cristiano Fumagalli ( , SP), a 54.926
14º) 12 – Leo De Nigris ( , SP), a 3 voltas
15º) 47 – Carlos Napolitano ( , SP), a 8 voltas
16º) 55 – Roberto Santos ( , SP), a 17 voltas

CLASSIFICAÇÃO DO MERCEDES-BENZ GRAND CHALLENGE (APÓS 4 DE 14 CORRIDAS)

1º) Marcio Campos/João Campos – 57 pontos
1º) Neto De Nigris – 57
3º) Rodney Felício – 43
4º) Arnaldo Diniz Filho – 39
5º) Marcelo Hahn – 37
6º) Peter M. Gottschalk – 29
7º) Alexandre Zaninotto – 24
8º) Césare Marrucci – 22
9º) Peter Gottschalk Jr./Zizi Paioli – 18
10º) Beto Rossi/Beto Fonseca – 16
11º) Leo De Nigris – 14
11º) Amorim Jr. – 14
11º) Abramo Mazzochi – 14
14º) Fábio Ebrahim – 10
15º) Marcelo Cesquim – 7
16º) Sérgio Martinez – 5
16º) Walter Coutinho – 5
18º) Roberto Santos – 3
19º) Eduardo Marçon – 1
19º) Michael Bamberg – 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *