GT Sprint Race tem disputa acirrada e empate na liderança na categoria PROAM

Pequena diferença separa os primeiros colocados. Com duas etapas para o fim da temporada, em Interlagos (28/11) e Curitiba (19/12), todos os pontos serão importantes.

Uma categoria tão equilibrada como a GT Sprint Race, na qual o que sobressai é a habilidade dos pilotos, nada mais normal do que uma disputa acirrada pelos pontos na briga pelo título. Isso pode ser confirmado na disputa da categoria PROAM, com os quatro primeiros colocados bem próximos e todos com chances de conquistar a temporada 2020. O primeiro lugar é dividido por dois pilotos, Weldes Campos (GTSR#11) e Josimar Jr. (GTSR#30), ambos com 127 pontos, vindo em terceiro a dupla Alex Seid/Marcelo Henriques (GTSR#01), com 116, em quarto a dupla Kau Machado/Pedro Ebrahim (GTSR#79), com 109 e em quinto Léo Torres/Luís Debes (GTSR#45), com 108.

Como o calendário prevê mais duas etapas, com quatro corridas, a situação deve ficar ainda mais emocionante, com os postulantes ao título buscando os melhores resultados possíveis e a soma dos importantes pontos. As provas acontecerão em 28 de novembro, no Autódromo Internacional de Interlagos, em São Paulo, e nos dias 19 de dezembro, no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais (PR). 

Confiante com a vitória no geral em Curitiba, Weldes Campos afirma que precisa continuar aprendendo e manter os pés no chão. “Tive muitos altos e baixos até aqui, analisando as etapas eu poderia ter vencido pelo menos outras três corridas na PROAM. Conquistei uma vitória na geral em Curitiba que me deu confiança. O segredo é seguir passo a passo, corrida a corrida”, declara o mineiro.

Dividindo a liderança, Josimar Jr., em seu segundo ano, pretende intensificar a preparação nesta reta final. “Um dos objetivos era sair de Curitiba com a liderança. Saímos empatados, eu e Weldes, para a reta final do campeonato. Saí no lucro na somatória das duas etapas com a adaptação a nova pista, que demorou mais que o previsto”, explica. “O novo GTSR é muito bom, prazeroso de guiar e ensina bastante”, completa o pernambucano.

Alex Seid e Marcelo Henriques seguem próximos dos primeiros colocados, na terceira colocação. Eles apostam na estratégia de somar o maior número de pontos. “Esse é nosso foco a cada etapa. A desclassificação que tive no Velocitta prejudicou nossa pontuação e o objetivo, agora, é recuperar isso com bons resultados em todas as corridas”, afirma o paulistano Alex Seid.

“Os adversários são fortes, mas sabemos que a velocidade está sempre conosco em condições normais. Isso nos dá uma tranquilidade na hora da decisão nestas três últimas corridas. O mais inteligente é trabalhar sério nos treinos, correr com cabeça como fizemos até aqui e no que depender da gente, fazer o nosso melhor. Ser campeão ou não vai ser consequência disso”, ressalta o mineiro Marcelo Henriques.

Em quarto lugar, os curitibanos Kau Machado e Pedro Ebrahim ressaltam o bom momento. “Não tivemos muita sorte nas primeiras quatro corridas, quando em três delas estávamos em condições de vitórias e acabamos não conseguindo por razões que fugiram do nosso controle. Mas agora nestas últimas duas etapas, pontuamos bem e acho que chegaremos fortes para Interlagos e para grande final aqui em casa (Curitiba)”, esclarece Kau.

Pedro, que faz sua estreia na categoria, avalia a temporada até aqui. “Consegui alcançar meus objetivos com muita facilidade e, daqui em diante, tenho outros que pareciam muito improváveis no começo do ano, entre eles ser campeão da PROAM”, afirma.

Já Léo Torres e Luís Debes querem reforçar o preparo nos treinos em busca do retorno ao topo da tabela. “A estratégia será intensificar os treinos e passar para o meu parceiro do carro 45 o máximo de conhecimento possível para ele também se desenvolver ainda mais nesta reta final. Estamos em 5º no campeonato, mas a uma etapa atrás estávamos em 1º, então o campeonato está muito acirrado, todos ainda temos chances”, diz Léo Torres. 

“O ano está sensacional, o campeonato evoluiu muito, competimos contra pilotos da Stock Car, e isso engrandece muito o nosso evento. Estou adorando pilotar o novo Sprint, carro é muito na mão, fácil de guiar. E consegui realizar meu sonho de correr em Curitiba, minha terra natal, e ganhar a corrida ainda! Então estou meio feliz”, completou.

“Temos um campeonato incrivelmente disputado. Objetivo é pontuar bem nas últimas quatro corridas do ano para ainda sonhar com o título. Este ano foi de bastante aprendizado e muita evolução nesse que é o meu primeiro ano na GT. Fiquei muito impressionado com a qualidade do carro e da categoria. É muito bom o formato “sit and drive”, principalmente pra quem não tem tanto tempo como eu. Isso me dá condição de manter o hobby juntamente com minhas atividades profissionais”, finaliza Luís Debes.

GT Sprint Race 2020 – O calendário está dividido em duas séries: o campeonato nacional propriamente dito, com seis etapas, todas no Brasil (Cascavel, Velocitta, Interlagos e Curitiba), e uma “Special Edition” (Goiânia e Londrina), com três provas. Da somatória dessas duas séries sairá o campeão da Overall nas suas respectivas categorias: PRO, PROAM e AM.

A GT Sprint Race é patrocinada pela Tekbond, Yokohama, Militec1, Sparco, TecPads, Injepro e -Fremax.

Classificação do campeonato, após oito corridas:

 

PRO

1) #23 Rodrigo Sperafico e Ricardo, 156 pontos

2) #21 Thiago Camilo/Beto Cavaleiro, 136

3) #19 Diego Ramos, 127

4) #19 Luciano Zangirolami, 117

6) #77 Lucas Daleffe, 106

7) #82 Gerson Campos, 99

5) #17 Eduardo Trindade/Daniel Coutinho, 98

 

PROAM

1)  #11 Weldes Campos, 127 pontos

     #30 Josimar Jr, 127

3) #01 Alex Seid/Marcelo Henriques, 116

4) #79 Kau Machado/Pedro Ebrahim, 109

5) #45 Léo Torres/Luis Debes, 108

6) #793 Adalberto Baptista, 95

7) #53 Enrico de Lucca/Danilo Ramalho, 64

8) #55 Vinny Azevedo, 28

 

AM

1) #44 Luiz Arruda, 141 pontos

2) #85 Eduardo Menossi/Marcelo Brisac, 121

3) #44 Pedro Costa, 116

4) #55 Walter Lester, 105

5) #33 Bruno Campos, 104

6) #88 Paulo Borges, 102

7) #07 Pedro Bezerra, 80

8) #55 Caê Coelho, 71

9) #27 Edison Cortez, 64

10) #27 Guto Negrão, 25

CALENDÁRIO – GT SPRINT RACE 2020

1º/08 – Cascavel/ PR (#GrandOpening)

29/08 – Mogi Guaçu/SP

20/09 – Goiânia/GO (#Special Edition)

08/10 – Curitiba/PR (#SuperPole)

11/10 – Curitiba/PR

1º/11 – Londrina/PR – Special Edition

28/11 – Interlagos/ SP (#SetUpFree)

19/12 – Curitiba/PR (#MatchPoint)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *