GT3 Brasil: Amílcar Collares se prepara para reestréia na categoria

Piloto carioca disputou as três primeiras rodadas da temporada de 2007 com Fabio Casagrande, e as duas primeiras corridas deste ano com Carlos Crespo. Ele volta ao grid a partir da rodada de Curitiba/2008, desta vez correndo em dupla com Afonsinho Giaffone.

Embora não dispute a sexta rodada dupla do Telefônica Speedy GT3 Brasil, que será realizada no dia 12 de outubro no autódromo de Santa Cruz do Sul (RS), o carioca Amílcar Collares já vive em clima de reestréia na categoria dos supercarros. Ele confirmou presença nas provas de Curitiba e São Paulo deste ano como parceiro do ex-piloto de Fórmula Indy e campeão da F-3 Sul-Americana Affonsinho Giaffone Netto, e também defenderá uma equipe diferente. A dupla utilizará o Dodge Viper Competition V10 que foi usado pela equipe Medley, dos pilotos Andréas Mattheis e Xandy Negrão, para conquistar o título da temporada 2007. O supercarro fabricado nos Estados Unidos receberá nova pintura para seu retorno às pistas.


Collares integrou o grid das três primeiras rodadas da história da competição, em 2007. Campeão Carioca de Kart e terceiro colocado na Stock Jr., Amílcar correu em dupla com Fabio Casagrande no ano passado, e com Carlos Crespo nas duas primeiras provas de 2008. De volta ao Dodge Viper Competition V10, desta vez preparado pela equipe paulista Hot Car, o piloto do Rio de Janeiro admite que seu foco principal é a temporada de 2009. Para ele, a participação nas duas últimas rodadas deste ano é uma forma de preparação para os desafios do próximo campeonato.


“Vamos usar estas duas últimas provas para buscar o entrosamento com a equipe, e trabalhar no acerto do carro sem a pressão por resultados”, declarou Collares. “A idéia é ir para a pista a fim de nos acostumarmos com o carro, já que o objetivo é brigar por bons resultados já na primeira corrida de 2009”, avaliou. Embora já tenha competido de Ferrari F430 V8, Collares afirma que optou pelo modelo norte-americano em seu regresso à categoria pela relação custo-benefício. “O que mais me atrai na GT3 é o fato dos carros serem muito rápidos e competitivos. Além disso, temos um regulamento idêntico ao de outros campeonatos da categoria existentes no mundo. Uma terceira razão que me fez optar novamente pela GT3 é o fato das duplas serem formadas por pilotos de maior e menor experiência. Isso ajuda a equilibrar a disputa”, encerrou.


A estréia de Amílcar Colares e Afonsinho Giaffone pela Hot Car ocorrerá no dia 14 de novembro, durante os primeiros treinos livres para a sétima etapa da temporada, em Curitiba. A rodada de encerramento do calendário será no dia 30 de novembro, em São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *