GT3 Brasil: Campeonato terá dois campeonatos a partir de 2009

Com novo sistema de pontuação que visa manter pequena a diferença na briga pelo campeonato, categoria coloca em jogo também o título da GT Masters.

Além de oferecer aos pilotos a oportunidade de competir ao volante de supercarros como Ferrari F430, Dodge Viper Competition e Lamborghini Gallardo, o Telefônica Speedy GT3 Brasil terá outro incentivo especial em 2009: a categoria colocará em jogo dois títulos, acirrando ainda mais as disputas protagonizadas pelos superbólidos. “Agora, além da classificação geral, como ocorria até 2008, teremos também a pontuação válida pelo torneio GT Masters”, diz Kiko Barros, diretor-administrativo da SRO, empresa que detém os direitos da categoria. “Todo competidor é movido pelo desejo da vitória, seja de uma corrida ou de um campeonato. E, a partir de agora teremos na GT3 dois títulos em jogo, o que vai motivar ainda mais pilotos, equipes e o público”, explica Barros.

O GT Masters envolverá apenas as duplas que tenham entre seus componentes um piloto Bronze – para a formação das duplas, a GT3 divide os participantes em Platina, Ouro, Prata e Bronze, baseando-se no currículo de cada um deles. Platina é o grupo dos pilotos mais graduados, enquanto o grupo dos Bronze reúne os menos experientes. “Teremos inclusive dois pódios, um para cada torneio, em todas as etapas do GT3”, completa Kiko Barros. “Mas há um detalhe importante: as duplas que competem no GT Masters também disputarão o título da classificação geral da categoria”.

Novo sistema – O sistema a ser adotado na temporada 2009 permitirá que os 15 primeiros classificados em cada prova marquem pontos, desde que completem 75% da distância total da prova. Até o ano passado, a categoria utilizava o modelo adotado na Fórmula 1, que concede 10, 8, 6, 5, 4, 3, 2 e 1 ponto do primeiro ao oitavo colocado.

Em vez de dez pontos como acontecia até 2008, agora o vencedor acumulará 20 por vitória. As demais colocações pontuadas registrarão a seguinte contagem: 17, 15, 13, 11, 10, 9, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2 e 1 ponto. “Dessa forma, colocamos quase o dobro de carros na zona de pontos em comparação com o antigo sistema”, compara Thales Figueiredo, diretor de marketing da SRO. “Além de termos mais pilotos pontuando, a nova contagem também visa diminuir a diferença entre os classificados na tabela. Dessa forma, a disputa por posições ficará mais apertada. Por exemplo, antes a diferença entre o primeiro e o segundo era de 20%. Agora, ela diminuiu para 15%. No final do ano, isso pode fazer uma grande diferença, ou até mesmo decidir o título. Acreditamos que, com essa inovação, as corridas certamente ficarão ainda mais interessantes para o público”, explica.

Descartes – Além da pontuação mais abrangente, a segunda novidade neste quesito é a adoção dos descartes obrigatórios. Cada piloto deverá descartar seus quatro piores resultados, sendo dois deles em cada metade do campeonato. Entretanto, de acordo com o novo regulamento da categoria no Brasil, o piloto só pode descartar um resultado a cada rodada dupla – em caso de abandono das duas etapas de um mesmo evento, somente um poderá ser desprezado. “A idéia é não permitir que fatores que fujam do alcance do piloto, como quebras e acidentes, diminuam o peso de sua verdadeira competitividade no resultado final”, detalha Ivo Sznelwar, diretor-técnico da GT3 e responsável pela coordenação do novo regulamento.

A temporada do Telefônica Speedy GT3 Brasil terá início no dia 26 de abril, em Interlagos. A partir de 2009, juntamente com o Itaipava Trofeo Maserati, a categoria comporá um novo evento disputado exclusivamente com supercarros do tipo GT.

           

Nova pontuação do Telefônica Speedy GT3 Brasil:

Colocação         Pontos

1º                        20 pontos

2º                        17 pontos

3º                        15 pontos

4º                        13 pontos

5º                        11 pontos

6º                        10 pontos

7º                        9 pontos

8º                        8 pontos

9º                        7 pontos

10º                      6 pontos

11º                      5 pontos

12º                      4 pontos

13º                      3 pontos

14º                      2 pontos

15º                      1 ponto

 

Calendário do evento, incluindo provas do Itaipava Trofeo Maserati:

08/02              São Paulo (SP)                      Maserati

*                       *                                               Maserati

26/04              São Paulo (SP)                      GT3/Maserati

31/05              Curitiba (PR)                         GT3/Maserati

28/06              São Paulo (SP)                      GT3/Maserati

26/07              Londrina (PR)                       GT3/Maserati

16/08              São Paulo (SP)                      GT3/Maserati

27/09              Rio de Janeiro (RJ)               GT3/Maserati

11/10              Santa Cruz do Sul (RS)        GT3/Maserati

29/11              São Paulo (SP)                      GT3/Maserati

* Em março, com data e local a confirmar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *