GT3 Brasil: Categoria volta a Interlagos neste final de semana

Liderado pela Ferrari F430 de Rafael Derani e Cláudio Ricci, campeonato dos supercarros se aproxima da metade do calendário.

O Itaipava GT3 Brasil prossegue neste final de semana, com a realização da terceira rodada dupla da temporada no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos. Com quatro corridas disputadas até o momento, a liderança é da Ferrari F430 da dupla Rafael Derani e Cláudio Ricci, que acumula duas vitórias, dois segundos lugares e 74 pontos na tabela. A segunda posição é de Clemente Lunardi (Ford GT), com 57.

O retorno à pista-sede da primeira vitória da Ferrari no GT3 Brasil, ocorrida no dia 26 de abril deste ano, traz boas recordações aos líderes do campeonato, mas não é garantia de novas conquistas, na opinião de Ricci e Derani. A expectativa é de corridas ainda mais competitivas neste final de semana, em especial pelo constante desenvolvimento dos carros nesta temporada.

“Todas as equipes estão evoluindo e chegando mais perto do acerto ideal a cada prova”
, opinou Rafael Derani. “A competitividade vem aumentando a cada etapa, por isso vamos para a pista neste final de semana esperando corridas mais difíceis. Vale lembrar que três das quatro marcas que disputam o campeonato deste ano já venceram, e por isso não existe favoritismo. Considero a constância de resultados determinante na disputa pelo título”, acrescentou.

Depois de uma temporada difícil em 2008, a Ferrari começa o ano dando a volta por cima na GT3. A marca ocupa a liderança na classificação geral, e a CRT Brasil segue em primeiro lugar entre as equipes – graças aos bons resultados obtidos, também, por Walter Derani e Rodolpho Santos. Esta evolução já era esperada pelo grupo, e devolveu a competitividade à marca de Maranello no torneio dos supercarros.

“Começamos a temporada com novidades na F430, e agora é possível afirmar que temos um carro competitivo. Nesta temporada não existe um único modelo vencedor, e não acredito em uma hegemonia com a do Ford GT no ano passado. Temos uma boa dupla de pilotos, uma equipe excelente, e a união destes dois fatores a um carro eficiente resultou neste bom início de ano para a CRT”
, declarou Derani.

O retrospecto positivo da dupla em Interlagos cria boas expectativas para a rodada deste sábado e domingo, mas a expectativa ainda é de muito equilíbrio no fim de semana. Rafael Derani e Cláudio Ricci conquistaram uma pole position e uma melhor volta em São Paulo no mês de abril, mas a pista favorece os modelos com motores mais potentes, como o Ford GT e, principalmente, o Dodge Viper.

No campeonato, a dupla mais bem colocada entre as que utilizam o Viper é formada pelos gaúchos Matheus Stumpf e Ramon Matias, que ocupam a quarta posição na tabela, com 46 pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *