GT3 Brasil: CBA comanda abertura do Brasil GT3 Championship

A CBA ― Confederação Brasileira de Automobilismo ―, entidade máxima do automobilismo nacional, dá a partida para a mais nova categoria brasileira.

A CBA, autoridade que regerá o Brasil GT3 Championship, que teve significativa responsabilidade no crescimento do automobilismo nacional sob o comando de Paulo Scaglione, dá a partida para o mais novo campeonato brasileiro de carros GT. Têm sido um momento pródigo para a entidade ao investir na capacitação técnica dos componentes do seu quadro de colaboradores no que diz respeito ao gerenciamento e fiscalização das mais variadas categorias que correm em território brasileiro. É em função disso, dessa expertise, que a CBA estará empenhada em fazer cumprir da melhor maneira possível as regras do regulamento do campeonato que agora se inicia.

O GT3 Brasil Championship será realizado no Brasil dentro dos parâmetros técnicos de equalização dos carros participantes e do rígido regulamento que rege a categoria em todo o continente europeu. Será sob o comando de pessoas como Nestor Valduga, do CTDN ― Conselho Técnico Desportivo Nacional ―, Clóvis Matsumoto ― comissário técnico ―, e o diretor de provas Antonio Carlos Regal, que garantirão a lisura e a tranqüilidade da realização desse primeiro ano de evento no Brasil.

Os carros que estrearão no Brasil correrão usando como padrão de equalização as últimas alterações técnicas utilizadas na Europa. As mesmas da penúltima prova do FIA GT3 European Championship, que foi realizada em Bucareste, na Romênia. O CTDN já recebeu esses novos parâmetros de equalização vindos da organização européia, já os interpretou e instruiu seus comissários de forma a fazer cumprir as mais recentes normas impostas à categoria. Ou seja, tudo está pronto, devidamente interpretado e assimilado para a abertura do campeonato brasileiro, no Rio Grande do Sul, exatamente como na Europa.

Para a abertura da temporada do Brasil GT3 Championship a SRO Latin America convidou Jean Vinatier, delegado técnico do FIA GT, para assistir a estréia do primeiro campeonato da categoria a ser realizada fora do território europeu ― Alemanha e Bélgica também tem seus certames regionais.

O Brasil GT3 Championship manterá o mesmo regulamento existente na Europa, o que é imprescindível em face de que grande parte do sucesso da categoria reside no fato de que os carros, apesar de totalmente díspares de conceito e construção, tem desempenho bastante semelhante. A fiscalização e o cumprimento das normas do Brasil GT3 será totalmente coordenado pela CBA.

O GT3 é disputado por modelos que povoam os sonhos de todos os aficionados pelo automobilismo de competição. No circuito de Tarumã, situado a 40 quilômetros da capital gaúcha, carros como Ferrari F430, Porsche 997, Dodge Viper, Maserati GranSport Light e Lamborghini Gallardo estarão, pela primeira vez, bem próximos da maioria do público brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *