GT3 Brasil: Cláudio Ricci e Rafael Derani lideram corrida pelo Capacete de Ouro

Dupla da equipe CRT Brasil conquistou o primeiro lugar na fase de classificação para a escolha do melhores do ano no automobilismo. Prêmio é oferecido desde 1997 pela Revista Racing.

Campeões do Itaipava GT3 Brasil 2009 com uma rodada de antecipação, os pilotos Cláudio Ricci e Rafael Derani – da equipe CRT Brasil – estão na briga por mais um importante título nesta temporada. Graças ao desempenho da dupla nas 14 corridas realizadas até agora pelo campeonato, Ricci e Derani são finalistas da categoria Itaipava GT do Capacete de Ouro: prêmio oferecido anualmente pela Revista Racing aos melhores pilotos brasileiros em diversas categorias.

A bordo da Ferrari F430 GT3 da equipe CRT Brasil, Derani e Ricci conquistaram cinco pole-positions e cinco vitórias, além de um total de nove largadas na primeira fila e 12 pódios que garantiram a eles o título antecipado do Itaipava GT3 Brasil durante a última etapa, disputada no início do mês em Curitiba (PR). Todos esses resultados colocaram a dupla campeã na liderança do Capacete de Ouro com 84 pontos – contra 72 de Marcelo Hahn e Allam Kohdair e 45 de Chico Longo e Daniel Serra. Todos os finalistas utilizaram modelos Ferrari nesta temporada.

Encerrada a fase de classificação do prêmio, os três finalistas de cada categoria serão avaliados e votados por um júri de 69 jornalistas especializados em automobilismo. O resultado será divulgado em uma grande premiação no próximo dia 01 de dezembro, durante cerimônia realizada no Teatro Alfa, em São Paulo.

“Para nós é uma grande honra ter chegado à final do Capacete de Ouro, ainda mais na primeira colocação”, declarou Ricci, que já detém uma estatueta dourada por seu desempenho no Campeonato Brasileiro de Endurance. “Fizemos um bom trabalho neste ano, e a disputa do prêmio é conseqüência desse esforço. A partir de agora, teremos que contar com os votos dos jornalistas, e espero que a maioria dos jurados reconheça nosso trabalho”, comentou o campeão da GT3 em 2009.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *