GT3 Brasil: Conheça a evolução do Porsche 997

Como o modelo alemão recebeu melhorias e mostrou seu grande potencial na temporada 2009 do Itaipava GT3 Brasil.

Assim como o Ferrari F430, que no Brasil recebeu atualizações eficientes e de baixo custo enquanto na Europa os preparadores da marca Italiana fizeram um novo carro para receber uma segunda homolgação – o Ferrari Scuderia -, a história do Porsche 997 GT3 Cup S no Itaipava GT3 Brasil também foi de sucesso na temporada 2009 do campeonato que reúne os carros mais desejados pelos amantes do automobilismo.

A GT3 nasceu em 2006 na Europa como uma opção de reunir o que de melhor existe nas categorias monomarca do tipo Gran Turismo no mundo. “Com carros tão diferentes, a equiparação de desempenho se fazia necessária, e como o Porsche era o modelo mais numeroso, ele foi eleito como o carro-base para que a performance dos outros bólidos fosse equalizada com a do 997”, lembrou o diretor técnico do Itaipava GT3 Brasil, Ivo Sznelwar. Neste ano, a marca deteve o título de pilotos com o inglês Sean Edwards e o de equipes com a Tech9 Motorsport.

Em sua segunda temporada, em 2007, a GT3 viu os outros modelos evoluírem, enquanto o Porsche que disputava freadas com Lamborghini, Ferrari, Viper, Aston Martin e outros carros era o mesmo de sua categoria monomarca, a Porsche Cup, mas apenas com uma alteração no motor, acarretando em um leve aumento de potência. As atualizações não foram suficientes, e o Ferrari F430 levou o título com a dupla formada por Henri Moser e Gilles Vannelet; entre as equipes, a Martini Callaway Racing, preparadora do Corvette, foi a melhor.

Para 2008, segundo Sznelwar, a tradicional marca alemã apresentou um carro com várias evoluções. “As mais notadas foram o aumento das rodas e dos pneus, e um motor cuja configuração se assemelhava mais aos usados na GT2”, descreveu. O carro teve um bom desempenho, mas Corvette, Ford GT e Aston Martin tiveram desempenho acima da média. A marca norte-americana pertencente à General Motors ficou como campeonato de pilotos (com a dupla Arnaud Peyroles/James Ruffier), enquanto a releitura do mítico GT40 da Ford ficou com o título entre as equipes com a preparadora Matech.

E para a temporada de 2009, na Europa, os 997 GT3 Cup S passaram por uma nova atualização, desta vez na geometria da suspensão, no câmbio e nos freios, que receberam o sistema anti-travamento (ABS). “Em função da conjuntura econômica mundial, que também afetou o Brasil, a categoria decidiu não investir pesado nos carros este ano. Por isso optamos por uma solução parecida com a que foi utilizada no caso dos Ferrari F430”, contou o diretor técnico da categoria no País.

“Todas as restrições que equiparavam o desempenho do Porsche aos outros modelos na Europa foram retirados para o campeonato brasileiro. Aqui, o carro permaneceu com a configuração utilizada no campeonato europeu de 2008. Nos outros campeonatos, o modelo tinha um penalty de 10 milímetros em sua altura para a equalização de desempenho, e no Brasil optamos por zerar esta altura para que a equipe tivesse mais opções no acerto, e o restritor de ar do motor foi retirado para melhorar a potência. Foram soluções que permitiram ao Porsche andar nas mesmas condições dos outros carros de ponta no Brasil”, afirmou Ivo.

O resultado apareceu na pista: assim como os Ferrari F430 que conquistaram suas primeiras vitórias neste ano, os modelos de Stuttgart também deixaram sua marca. Foram quatro vitórias até agora – com duas dobradinhas. A dupla formada por Ricardo Maurício e Miguel Paludo foi a responsável por 75% dos triunfos da equipe WB Motorsport, preparadora dos Porsche. Thiago Camilo e Norberto Gresse levaram o 997 à vitória também em Londrina, um traçado em que os carros alemães sobressaíram pelas características do circuito, especialmente no piso molhado.

Sobre o Itaipava GT3 Brasil: Realizado por SRO Latin America, o Itaipava GT3 Brasil tem patrocínio da Itaipava e co-patrocínio da Pirelli. A Petrobras é o combustível oficial da categoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *