GT3 Brasil: Dupla Burti/Elias Jr. larga da sexta fila neste domingo, em Brasília

Dodge Viper Competition da equipe Hot Car está perfeito, mesmo após quebra da alavanca do câmbio na corrida de sábado.

Agora só falta um banho de sal grosso. O desempenho fantástico do Dodge Viper Competition nº 8, da equipe Hot Car, quando pilotado pelo carioca Elias Nascimento Jr. na quinta etapa da Telefônica Speedy GT3 Brasil, neste sábado, no Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Brasília, DF, reafirmou as chances de bom resultado para este domingo.

Infelizmente, existe o imponderável. Largando da terceira fila, Elias assumiu o 3º lugar ainda na primeira volta. Com a entrada do Safety Car para remoção do Lamborghini Gallardo da dupla Paulo Bonifácio/Ingo Hoffmann, o piloto aproveitou a quebra do Ford GT de Walter Salles/Ricardo Rosset para ultrapassar, na relargada, o mesmo modelo da dupla Andrea Mattheis/Xandy Negrão. Na 5ª volta, Elias seguia liderando a prova, à frente do Ford GT então pilotado por Andreas, quando a alavanca do câmbio quebrou, o carro ficou em ponto morto e nada pôde ser feito.

Houve um cisalhamento da rosca que fixa a alavanca no trambulador na caixa de câmbio, provavelmente ocasionado por uma fissura prévia. “Em muitos anos trabalhando com corridas, poucas vezes vi isso acontecer e nunca com um aço tão resistente e tão espesso quanto esse”, afirmou o chefe da equipe Hot Car, Amadeu Rodrigues. “Mas vamos arrumar tudo e, amanhã, é dia de acelerar!”, concluiu.

A prova foi vencida por Andreas Mattheis/Xandy Negrão (Ford GT), seguidos por Betinho Gresse/Valdeno Brito (Porsche 997 GT3 S), e pelos irmãos Wagner e Fábio Ebrahim (Dodge Viper Competition) completando o pódio.

Neste domingo, Leonardo Burti largará da sexta fila, após cravar o tempo de 1:58.504 no treino classificatório. A programação começa com o warm-up às 8h30 e segue com a disputa da sexta etapa a partir das 13h30, com transmissão ao vivo pela RaceTV (www.racetv.com.br). O canal SporTV transmitirá o VT, às 21h00.

Quem quiser acompanhar de perto as emoções do evento tem duas opções. Os ingressos para arquibancadas descobertas custam apenas R$ 10,00 e R$ 5,00 (meia-entrada). Uma alternativa atraente é o ingresso Plus GT3, que oferece estacionamento e permite a visitação aos boxes em horários programados ao custo de R$ 150,00 (não há meia-entrada nesse caso).

Confira o resultado da quinta etapa realizada neste sábado e o grid de largada da prova de amanhã da Telefonica Speedy GT3 Brasil Championship:

6ª etapa – Telefonica Speedy GT3 Brasil
1- A.Mattheis/X.Negrão (FG, RJ/SP) 28 voltas, em 1h1s3s427
2- N.Gresse/V.Brito (P9, SP/PB) a 5s889
3- W.Ebrahim/F.Ebrahim (VC, PR/PR) a 28.235
4- R.Cattalini/Jorge Neto (F4, PR/SP) a 41s543
5- E.Fittipaldi/W.Fittipaldi (P9, SP/SP) a 42s152
6- C.Ricci/R.Derani (F4, RS/SP), a 49s027
7- T.Marques/A.Feldmann (LG, PR/PR), a 1min12s015
8- M.Hahn/A.Khodair (F4, SP/SP), a 1min18s411
9- W.Derani/G.Losacco (F4, SP/SP), a 1 volta
10- S.Lúcio/L.Garcia (F4, DF/DF), a 5 voltas
11- A.Mazzochi/M.Stumpf (VC, RS/RS), a 13 voltas
12- E.Nascimento/L.Burti (VC, RJ/SP), a 23 voltas
13- W.Salles/R.Rosset (FG, RJ/SP), a 24 voltas
14- P.Bonifacio/I.Hoffmann (LG, SP/PR), a 27 voltas

Melhor Volta: A.Mattheis/X.Negrão, 1min58s156

Grid de largada para a sexta etapa da Telefônica Speedy GT3 Brasil:
1- Xandy Negrão (FG, SP), 1min54s086
2- Ricardo Rosset (FG, SP), 1min55s086
3- Wagner Ebrahim (VC, PR), 1min56s356
4- Valdeno Brito (P9, PB), 1min56s993
5- Ingo Hoffmann (LG, SP), 1min57s066
6- Allam Khodair (F4, SP), 1min57s565
7- Alceu Feldmann (LG, PR), 1min57s634
8- Antonio Jorge Neto (F4, SP), 1min57s833
9- Matheus Stumpf (VC, RS), 1min58s012
10- Giuliano Losacco (F4, SP), 1min58s211
11- Leonardo Burti (VC, SP), 1min58s504
12- Luiz Garcia Jr (F4, DF), 1min59s033
13- Rafael Derani (F4, SP), 1min59s361
14- Emerson Fittipaldi (P9, SP), 1min59s775

Legendas:
F4 – Ferrari F430
FG – Ford GT
LG – Lamborghini Gallardo
P9 – Porsche 997 GT3 Cup
VC – Dodge Viper Coupé

Classificação do Campeonato:
1) Xandy Negrão / Andreas Mattheis, 36
2) Walter Salles / Ricardo Rosset, 28
3) Ingo Hoffmann / Paulo Bonifácio, 24
4) Cláudio Ricci / Rafael Derani, 19
5) Wagner Ebrahim / Fábio Ebrahim, 16
6) Alceu Feldmann / Thiago Marques, 13
7) Antonio Jorge Neto / Renato Cattalini, 13
8) Giuliano Losacco / Walter Derani, 11
9) Matheus Stumpf, 11
10) Norberto Gresse, 10
11) Ramon Matias, 9
11) Valdeno Brito, 9
13) Elias Jr. / Leonardo Burti, 4
15) Allam Khodair / Marcelo Hahn, 4
16) Abramo Mazzochi, 2
17) Otavio Mesquita, 2
18) Antônio Hermann, 1

OBS.: A pontuação não é por dupla, mas por piloto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *