GT3 Brasil: Em mais uma decisão, título das equipes também sai neste fim de semana

Full Time Sports ocupa a liderança da competição com 102 pontos – seis a mais que a segunda colocada, a A.Mattheis Morotsport.

Além de definir os campeões da temporada 2008 do Telefônica Speedy GT3 Brasil, a rodada dupla deste fim de semana em Interlagos vai determinar, também, a campeã entre as equipes da categoria. O título, que atualmente pertence à CRT Brasil, será passado para as mãos de um dos três times que, juntos, ganharam 12 das 14 corridas já disputadas.


A liderança é da Full Time Sports, equipe que, embora tenha começado o campeonato com apenas um carro, tem se beneficiado do fato de ter suas duas duplas entre os quatro primeiros colocados na tabela. Com 102 pontos, o time comandado pelo engenheiro Maurício Ferreira é defendido pelos irmãos Wagner e Fabio Ebrahim, e pelos também paranaenses Lico Kaesemodel e Alceu Feldmann.


A segunda posição é da A.Mattheis Motorsport, organização dirigida pelo piloto Andréas Mattheis, que soma 96 pontos. Na terceira colocação – e ainda com chances matemáticas de chegar ao título – aparece a GT Racing, de Ricardo Rosset e Walter Salles, que soma 87. A tarefa da vice-líder e da terceira coloca, no entanto, ganha contornos mais dramáticos se analisado o poder de fogo de cada um dos times para essa etapa. Embora usem o vitorioso Ford GT, tanto a A. Mattheis quanto a GT entram nessa briga em desvantagem numérica – já que têm apenas uma dupla inscrita no torneio. Em virtude disso, podem somar no máximo 20 pontos cada ao longo do fim de semana, contra 18 da Full Time – que atinge essa marca se fechar as duas corridas com dobradinha.


A Full Time conta, também, com o bom retrospecto do Dodge Viper Competition V10 na pista de Interlagos para se manter em primeiro lugar. A equipe conquistou sua primeira dobradinha na competição justamente na pista paulista, há cerca de seis meses, e tem chances ainda maiores de vitória neste fim de semana.


Isso porque os Ford GT perderam potência e parte da eficiência aerodinâmica desde a rodada dupla de Santa Cruz do Sul, quando o modelo passou por nova equalização promovida pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) na Europa – e se tornaram alvos mais fáceis para o potente motor V10 dos Viper.


Restando apenas duas corridas para o encerramento da temporada, o campeonato de equipes está assim:


1) Full Time Sports, 102


2) A.Mattheis Motorsport, 96


3) GT Racing, 87


4) WB Motorsport, 53


    CRT Brasil, 53


6) Boni Motorsport, 40


7) Scuderia Occhi, 32


8) Blausiegel, 24


9) Hot Car Competições, 23


    Equipe Greco, 23


11) Action Power, 13

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *